10 mil visitantes celebram 30 edições da Portojóia

10 mil visitantes celebram 30 edições da Portojóia

10 mil visitantes celebram 30 edições da Portojóia

A Portojóia volta a afirmar-se como a maior montra de joalharia, ourivesaria e relojoaria a nível ibérico, tendo recebido cerca de 10 mil visitantes numa edição que homenageou o passado e o futuro do setor.

De 26 a 29 de setembro, os olhos do mundo pousaram mais uma vez sob o setor da joalharia em Portugal. A comemorar 30 edições, a Portojóia – Feira Internacional de Joalharia, Ourivesaria e Relojoaria reuniu cerca de 10 mil visitantes, dos quais quase 300 estrangeiros oriundos de Espanha, Turquia, França, Itália, Alemanha, Brasil, China, Estados Unidos, Japão, Moçambique e Luxemburgo.

Numa homenagem ao passado e presente da joalharia, através do elogio às técnicas tradicionais e do olhar atento aos novos criadores, o evento acolheu 150 expositores, entre eles 30 designers e 27 empresas vindas de Cabo Verde, Brasil, Espanha, Turquia, Alemanha e Itália.

Para Amélia Estevão, Diretora de Produto da Portojóia “esta edição comemorativa veio reforçar o nosso compromisso em acompanhar a evolução de um setor que se renova ao mesmo tempo que elogiamos as suas raízes. Queremos continuar a ser um palco de destaque à tradição, de visibilidade aos novos talentos e de partilha de tendências que inspirem os profissionais que nos visitam. Em paralelo, não esquecemos o nosso objetivo de aproximar pessoas e de gerar oportunidades de negócio que continuem a dinamizar a indústria”.

No certame foram também conhecidos os vencedores dos prémios “Best Of Portojóia 2019”, que anualmente distinguem os melhores da indústria.

Prémio Carreira: Vitor Nogueira da Flamingo SA

Designer Revelação: Joana Santos

Designer Revelação – Votação do público: Maria Leão

Aluno Revelação:  Inês Santos Pinto – Escola Artística Soares dos Reis

Melhor Montra: J.BATISTA

Melhor Loja Física: ELEMENTS, Rua das Flores, 251, Porto

Melhor Loja Online: Ana João Jewelry

Melhor Montra Stand: Eugénio Campos

Melhor Stand:  Sara Sousa Pinto

Em destaque esteve o “Trend Spot, espaço de tendências, com uma curadoria de peças que representaram os novos movimentos criativos: ​​“Roots & Wings” refletiu a vontade de regressar às raízes e à essência para projetar o futuro; “Mentes Viajantes” remeteu para o cruzamento de lugares, experiências e culturas; “Soft Power” transmitiu a necessidade de desligar do stress quotidiano e “Espiritualidade” fomentou a ligação a um estilo de vida mais introspetivo e reflexivo.

Já a iniciativa “Arts  & Jewels” apresentou as colaborações exclusivas entre marcas de joias e criadores de outros setores, neste caso a moda, decoração, design e artes plásticas: a Eugénio Campos aliou-se à designer de moda e modelo Diana Pereira; Liliana Guerreiro, designer de joalharia contemporânea apresenta uma criação em parceria com a icónica marca de sabonetes e produtos perfumados Castelbel; a também designer Telma Mota uniu-se à marca de design de produto Madre e o joalheiro André Rocha juntou-se ao artista plástico Pedro Guimarães.

Com o objetivo de inspirar e fomentar a partilha de conhecimento, no espaço “Jewel’s Labs” quatro marcas sugeriram novos conceitos de exposição e vitrinismo, dirigidas ao retalho, funcionando como protótipos de inspiração para as ourivesarias. Foram convidadas desta edição a concept store Scar ID e as marcas de joalharia Mesh, Mimata e Wings of Feeling.

Imagens: Portojóia 10 mil visitantes celebram 30 edições da Portojóia
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados