4 erros comuns ao fazer sexo oral

4 erros comuns ao fazer sexo oral

Na intimidade dos casais, o limite é colocado pela imaginação, pois é um espaço onde os desejos e expressões são misturados para alcançar um único objectivo: o prazer. Exemplo do que se pode fazer é sexo oral.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Alberta no Canadá, três em cada 10 mulheres que participaram, dizem que, quando realizam uma felação com o parceiro, sentem-se poderosas e sensuais.

Tudo tem a sua piada!

Para a especialista Brea Malacad, as mulheres associam o coito e o sexo oral com emoções positivas, o que sugere que a maioria considera esta prática atractiva. No entanto, quão bem sabes como o fazer?

Aqui apresentamos, com informações de especialistas em sexualidade, 4 erros comuns ao fazer sexo oral.

  1. Cuidado com a tua técnica

Nunca penses em soprar, por mais minúsculo que seja, no pequeno orifício da ponta da glande, o que podes conseguir é que ele contraia uma uma infecção horrível.

4 erros comuns ao fazer sexo oral

  1. Acaricia com a língua

Não acredites que por chupares o pénis lhe darás mais prazer, porque cria, pelo contrário, uma bomba de vácuo com a boca que faz aumentar o fluxo de sangue com o qual lhe consegues uma erecção rígida e dolorosa.

  1. Não sabes como começar

Não se esqueças de estimular o frênulo, que é a parte mais sensível do pénis. Da mesma forma não te aborreças com os mesmos movimentos. Usa a imaginação.

  1. No final

Após a ejaculação, não continues a lamber a glande, pois para o teu parceiro pode ser doloroso.

Lembra-te de que nada na sexualidade é mau, desde que haja respeito e confiança entre ambos.

E tenta sempre usar protecção!

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados