A arte do sexo sem penetração: uma realidade

A arte do sexo sem penetração: uma realidade

A arte do sexo sem penetração: uma realidade

Se te pedirmos para pensar em sexo, em bom e satisfatório sexo, é muito possível que na tua cabeça uma cena de cama com penetração seja projectada. O modelo sexual actual tem como estrela o coito, mas há muitas outras maneiras de desfrutar da nossa sexualidade sem haver penetração. Aqui estão algumas idéias.
Sexo…Sem penetração?

Para muitos, o sexo sem penetração é algo confinado à adolescência, àquele estágio em que “é que não podes fazer mais nada”, e, portanto, é percebido como algo indesejável, com pouco “prestígio”.

O sexo não-penetrativo é uma actividade sexual sem penetração vaginal, anal e possivelmente oral, que se contrapõe à relação sexual. A ideia de sexo não-penetrativo é relativamente nova e geralmente pouco aceite.

A arte do sexo sem penetração: uma realidade

Como sentires-te mais sensual, insinuante e ainda mais excitante, mas não ter relações sexuais com penetração? Acreditas que a resposta para esse enigma sexual é a relação sexual sem penetração?

Muitas pessoas ainda não sabem que essa outra alternativa pode beneficiar a vida sexual de diversas maneiras. Mesmo que entres em abstinência, pratiques sexo seguro ou queiras apimentar as coisas, as trocas sexuais envolvidas são muito bem exploradas.

O sexo sem penetração

O sexo sem penetração é utilizado em qualquer tipo de relação que não envolva sexo oral ou tradicional. Tem sido utilizado como uma gratificação sexual pelos defensores do sexo seguro há anos. É ideal também para minimizar a propagação de doenças sexualmente transmissíveis (DST), o risco de gravidez indesejada, embora o método não seja completamente seguro – depende da quantidade de roupa que estiveres a usar. Dependendo de quantas camadas de roupa tenhas entre ti e o teu amado (a), talvez tenhas que usar um preservativo enquanto praticas o método.

A arte do sexo sem penetração: uma realidade

Amantes de todas as idades e de qualquer tipo de relacionamento estão empenhados em fazer sexo sem penetração por diversas razões:

  • Querem dar um tempo na relação sexual com penetração;
  • Não estão com energia ou desejo de ir até o fim;
  • Querem variar na actividade sexual;
  • Algum dos parceiros está com infecção;
  • Ela está menstruada;
  • Quando usar métodos contraceptivos ou preventivos não é acessível – repetindo, se não usar nenhum método é necessário usar algumas camadas de roupas.

O sexo sem penetração é para qualquer um que procura formas simples de expressar os desejos sexuais e excitação. O melhor de tudo é a elevação da paixão de forma positiva e a melhora no relacionamento.

O casal aprecia a relação sem sexo quando existe foco total no corpo. Com isso, eles aprendem mais a respeito do próprio corpo e as zonas erógenas. O sexo passa também a ser mais lento e prazeroso.

Como o sexo penetrativo não é necessariamente uma meta a ser alcançada, os casais fazem com prazer aquilo que perderam ao longo do tempo. Para o homem também é um alívio, pois sempre existe a pressão da performance masculina. E para as mulheres também, que estão sempre à espera  do orgasmo quando fazem sexo com penetração. Algumas mulheres, de facto, ficam mais orgásticas quando focadas nas maneiras de ter um orgasmo sem sexo.

10 factos curiosos sobre o sexo oral que deves saber

Este método também ajuda o casal criar mais conexão um com outro, e para quem está a começar uma relação pode ser uma boa maneira de criar confiança no parceiro. Para os casais antigos, sexo sem chegar a vias de facto pode ajudar a resgatar momentos do passado, e ajudar na excitação do sexo proibido.

Esses benefícios deixam o casal mais despreocupado, ainda mais nestes tempos que o sexo se tornou algo frenético. Algumas dicas para apimentar o sexo sem penetração é a conversa erótica que podes ser por telefone, SMS etc; contos sensuais; fantasiares-te; massagem erótica; beijo; sexo virtual; strip-tease; brinquedos eróticos; masturbação mútua, entre outros. É só usar a criatividade.

Imagens: divulgação A arte do sexo sem penetração: uma realidade . .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados