A influência das redes sociais na beleza

A influência das redes sociais na beleza

É inegável que, no momento actual, a digitalização marca um antes e um depois em todos os tipos de sectores. E na estética não ia ser menos, pelo que as redes sociais devem ser uma das chaves das acções de comunicação no centro de estética. A influência das redes sociais na beleza A influência das redes sociais na beleza

As contas do Instagram centradas na beleza somam 20 milhões de seguidores únicos, apenas nos EUA, de acordo com um estudo da Poshly. Isso faz com que se divulguem técnicas de beleza directamente nos dispositivos móveis dos usuários. Isto, em parte, deve-se à geração dos millennials, que são muito activos nas redes.

65% das millennials mulheres, com idades entre os 18 e 35 anos, seguem e confiam nos influencers do sector que vêem no Instagram e no YouTube. De facto, os dados do estudo reflectem que eles têm mais em conta os influencers do que os comerciantes.

A influência das redes sociais na beleza

O Facebook IQ também lança dados: 56% das jovens compradoras de beleza gostam de experimentar o seu look, estão abertas à experiência e, à medida que crescem em idade, interessam-se por produtos de cosmética que lhes durem anos.

A influência das redes sociais na beleza

Outra geração, a X, por outro lado, está mais focada em conseguir tempo para si mesma, enquanto os estudos de Poshly apontam que 78% das mulheres jovens comprariam produtos se antes pudessem ver os seus resultados de maneira virtual.

Imagens: divulgação A influência das redes sociais na beleza A influência das redes sociais na beleza .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.