Acaba com as alergias antes que elas acabem contigo

Acaba com as alergias antes que elas acabem contigo

Com o fim do Inverno, muitas pessoas, especialmente as crianças e os idosos, são acometidas por alergias respiratórias. Tosse, espirros, comichão nos olhos, na garganta e até mesmo na pele são sintomas comuns de crises alérgicas.

As alergias são causadas por diversos factores: poeira doméstica, fungos, pelos de animais, fumo e odores muito fortes, como os de alguns perfumes. Desta forma, as alergias apresentam-se comumente como rinite ou asma brônquica.

Um aumento na incidência das alergias respiratórias está a ser visivelmente notado, principalmente nas cidades, se comparados com o campo. Como as pessoas vivem em ambientes literalmente esterilizados, comem alimentos pasteurizados, acabam por ser menos expostas a vírus e bactérias, o que faz com que o seu sistema imunológico seja menos estimulado, ficando mais susceptível a ter reacções contra substâncias encontradas no pó e no mofo.

Basicamente, a alergia é uma reação causada pela presença no organismo de uma substância que geralmente é inofensiva. Algumas alergias causam sintomas respiratórios, mas existem outras que causam dor de cabeça, fadiga, febre, disenteria e vómitos.

Uma forma da alergia se manifestar é através da rinite alérgica. A rinite é um processo de irritação das vias nasais, que se caracteriza por espirros, produção de mucosidade  excessiva, comichão no céu da boca e ainda congestão nasal.

Outra forma da alergia se manifestar é através da asma ou bronquite. Esta forma de reacção causa obstrução nasal e dificulta a passagem do ar pelas vias respiratórias.

Acaba com as alergias antes que elas acabem contigo

Para evitar problemas com alergias existem certos cuidados que todas as pessoa que têm alergias respiratórias devem estar atentas:

1-  Manter o ambiente sempre livre de pó. Na falta de um aspirador, usar um pano húmido para realizar a limpeza.

2 – Prefirir pisos lisos, pois estes acumulam pouca poeira. Tentar evitar ao máximo cortinas e poeiras.

3 – Dar preferência a travesseiros de espuma aos de penas. Edredons em lugar de mantas ou cobertores de lã. Se possível, usar colchas e cobertores antialérgicos.

4 – Em caso de necessidade, colocar um revestimento plástico nas almofadas e travesseiros.

5 – Trocar os lençóis de cama pelo menos uma vez por semana.

6 – Evitar sair de ambientes quentes e ir para lugares muito frios, e vice-versa.

7 – Evitar abusar de talcos, perfumes e o contacto muito próximo de objectos de peluche, animais com pelo muito grande e contacto com penas.

8 – Evitar ambientes com cheiros de tinta, cola ou materiais de limpeza.

9 – Deixar o sol entrar em casa e no ambiente de trabalho.

10 – Consumir frutas ricas em vitamina C, tais como laranja, limão, melão e kiwi, entre outras, além de verduras como couve, alface e agrião.

11- Beber sempre bastantes líquidos.

Seguindo estas sugestões com certeza todos evitaremos e diminuiremos muito as consequências da alergia e as suas crises.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados