Acredites ou não, esta é a doença “que está na moda”

Acredites ou não, esta é a doença “que está na moda”

Acredites ou não, esta é a doença "que está na moda"

Mais comum do que imaginamos, a depressão é um transtorno mental frequente, caracterizado pela presença de tristeza, perda de interesse, sentimentos de culpa ou falta de auto-estima, distúrbios do sono ou do apetite, cansaço e falta de concentração. E o mais grave: é silenciosa e acima de tudo, as pessoas mais próximas àqueles que sofrem com isso, não percebem ou preferem pensar que tal não é importante.

Quase todas as pessoas já sentiram uma imensa tristeza que é normal, mas se essa atitude depressiva persistir por mais de duas semanas, recomenda-se procurar ajuda. A depressão não é simplesmente uma angústia, é também uma tristeza ou melancolia permanente. A pessoa é incapaz de a superar sozinha, sente-se inútil, sem esperança, sofre de stress no trabalho e nos relacionamentos em geral, agrava as condições médicas que pode ter e pode até pensar em suicídio.

Considerando que a depressão pode afectar qualquer pessoa, de qualquer nível económico e de qualquer idade, é importante que a família esteja atenta aos sintomas, a fim de ajudar e garantir que o paciente seja tratado com dignidade e livre de preconceitos ou estigmas.

As razões de um estado depressivo são variadas. Algumas pessoas sofrem quando experimentam um evento altamente emocional; ou como resultado de uma soma de factores e eventos, sendo que também há aqueles que não apresentam qualquer aviso prévio, é ainda mais possível ver que eles sorriem e pensam que tudo está bem. Dada a suspeita de sofrer de depressão, é muito útil desenvolver o seguinte questionário, de acordo com especialistas.

Acredites ou não, esta é a doença "que está na moda"

Assim:

Sentes-te triste, ansiosa, ou tens um sentimento de vazio permanente?

Sentes-te culpada, não encontras significado na tua vida?

Estás desesperada?

Tens dificuldade em te concentrares, memorizar ou tomar decisões?

Sentes-te muito cansada, fraca ou sem energia? Tens problemas para dormir, sofres de insónia ou sentes que estás a dormir demais? Sentes que perdeste o teu apetite ou estás a comer frequentemente?

Acredites ou não, esta é a doença "que está na moda"

Sentes-te irritada ou desesperada? Tens dores e sofrimentos que não são aliviados, mesmo se  já tentaste?

Perdeste o interesse em actividades que costumavas desfrutar?

Tens pensamentos suicidas ou morte?

Se a resposta for sim em 5 ou mais dos sintomas, a ajuda deve ser procurada imediatamente, sem sentir vergonha e sem medo de ser qualificada como uma pessoa fraca ou incaracterística. E não te esqueças: mostra aos teus entes queridos que a tua saúde lhe interessa.

Imagens: divulgação Acredites ou não, esta é a doença “que está na moda” . .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados