Amâncio Ortega destronado como mais rico da indústria da moda

Amâncio Ortega destronado como mais rico da indústria da moda

Bernard Arnault é, oficialmente, o homem mais rico da indústria da moda, destronando o espanhol Amancio Ortega, dono do grupo Inditex.

O galego e dono do grupo têxtil liderado pela Zara já não é o homem mais rico da moda e, portanto, o quarto mais rico do mundo. O seu lugar é agora ocupado por Bernard Arnault, CEO do conglomerado de luxo LVMH, proprietário de marcas de luxo como Dior, Louis Vuitton, Céline e Givenchy, entre outras.

Em 2017, a empresa liderada por Arnault alcançou um recorde de vendas de 42 biliões de euros, 13% a mais do que no ano anterior. Acredita-se que esse disparo nas vendas possa estar relacionado ao aumento da demanda no Extremo Oriente, bem como a proximidade de valores entre o dólar e a libra. É claro que os avanços tecnológicos e digitais, e o lançamento da sua loja multimarcas online 24 Sevres, teriam favorecido esse crescimento.

No entanto, Bernard Arnault ainda está longe de se tornar o homem mais rico do mundo. Uma posição actualmente ocupada por Jeff Bezos, fundador da Amazon. Bezos seguida por Bill Gates e Warren Buffet, em segundo e terceiro lugar respectivamente.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados

Tendências Online Portugal Shopping Online Ignorar

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.