AZURA, a nova coleção de joelharia de Inês Telles

AZURA, a nova coleção de joelharia de Inês Telles

AZURA, a nova coleção de joelharia de Inês Telles

Das Serras e Montes nasce AZURA, a nova coleção de Inês Telles que significa Azul Celeste

Inês Telles, um dos nomes incontornáveis da joalharia contemporânea e do design em português, apresenta a sua mais recente coleção AZURA.

As formas desta nova coleção são inspiradas nos corpos verticais compostos pela sobreposição de pedras, as Mariolas, como são chamados em Portugal. São construídos pelos pastores com o intuito de orientarem os caminhos pelos montes.

Também os povos da Bolívia e Argentina fazem há muito tempo as Apachitas, nome dado pelos habitantes que cruzam as montanhas ao mesmo género de amontoados de pedras, mas que aqui surgem com um significado diferente, como agradecimento e um pedido de proteção aos deuses da Terra e das Montanhas.

AZURA é uma coleção leve e vertical, com apontamentos de pérolas irregulares.

 

Sobre Inês Telles

Inês é a joalheira que dá o nome à marca de joias Inês Telles, criada em 2009. Em 2010 inicia-se a internacionalização com a participação em diversas feiras internacionais. Atualmente as joias Inês Telles podem ser encontradas nas principais cidades europeias, bem como nas lojas do Museum of Modern Art (MoMA) de São Francisco, do Museum of Contemporary Art de Chicago ou até mesmo no Japão.

Criadas no seu estúdio-oficina em Lisboa, as joias Inês Telles, feitas em prata e ouro, compõem cuidadas e pequenas coleções num jeito exclusivo para quem as queira sentir. No seu estúdio, recantos decorados com elementos da natureza e objetos que traz dos lugares que vai vivendo, são uma extensão e referência nas criações da joalheira. A sua formação em História da Arte oferece também inspirações várias, muitas vezes ligadas à memória, a lugares, à história e a outras culturas.

Imagens: Inês Telles AZURA, a nova coleção de joelharia de Inês Telles . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.