Baby Rexha e unhas néon: mais do que estética, conceito

Baby Rexha e unhas néon: mais do que estética, conceito

Baby Rexha e unhas néon: mais do que estética, conceito

Além da tendência que, ao longo das últimas temporadas, foi construída em torno, por um lado, das cores néon e, por outro lado, das manicuras XXL de inspiração bling, há toda uma cultura urbana que a precede.

Foi nos bairros mais underground de cidades como Nova York ou Londres, onde a comunidade se começou a fazer em torno dos salões de unhas. Como alternativa ao sistema dominante. Como expressão de beleza dos ideais e modos de vida de diferentes grupos sociais e étnicos, muitas vezes marginalizados pela maioria.

Agora, todas as mulheres estão a usar unhas (muito) compridas e pintadas com tons fortes e marcantes; cheio de ornamentos, como se fossem uma jóia. E o enriquecimento está bem. Mas nunca percas de vista de onde as coisas vêm; nunca deves parar de respeitar essa origem.

Baby Rexha e unhas néon: mais do que estética, conceito

A cantora Bebe Rexha, nascida em NY, mas de origem albanesa (e, portanto, altamente ligada a essa cultura por meio dos seus pais), muitas vezes inclui nos seus elementos de estilo este tipo de conteúdo, com este tipo de história. Precisamente, usou unhas amarelo-néon extra longas com chamas pretas numa das suas últimas aparições.

Combina com um estilo incomum baseado em leggings pretas, blusa branca com ornamentos e botas de plataforma.

Embora também as tenha usado, por exemplo, com um casaco rosa de pelo falso. Declarando as suas intenções com relação ao assunto numa foto no Instagram sob a frase “always faux”, referindo-se a pelo falso.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Bebe Rexha (@beberexha) a

Esta é a chave: combinar a mesma manicura com roupas diferentes sem importar que combinem cem por cento. Focando, mais do que estética, no conceito.

Imagens: divulgação Baby Rexha e unhas néon: mais do que estética, conceito .  .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados