Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona

Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona

Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona

MODELOS – Bella Hadid deixou de ser apenas a “irmã mais nova e morena” de Gigi Hadid para se tornar numa das modelos mais importantes da sua geração.

Nascida em Los Angeles (Califórnia) em 9 de Outubro de 1996, a modelo Isabella Khair Hadid, mais conhecida como Bella Hadid, é a irmã mais nova da modelo Gigi Hadid, filha do promotor imobiliário Mohamed Hadid e a estrela de televisão e ex-modelo Yolanda Foster (que protagonizou o reality show Real Housewives of Beverly Hills). Embora, desde criança, sonhasse em se dedicar a andar ao hipismo a nível profissional, e era uma excelente amazona, por um contratempo do destino teve que abandonar o seu sonho e encontrar refúgio no mundo da moda.

Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona

Depois de terminar o ensino secundário, a irmã de Gigi Hadid mudou-se de Los Angeles para Nova Iorque para estudar fotografia na Parsons School, um treino que, segundo ela, a ajudou a tornar-se num modelo melhor: “Aprendi muito sobre luz, ângulos e como tenho que posar”.

Uma vida afectada pela doença

Bella Hadid trabalhou bastante dentro e fora da pista de equitação para se preparar para as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016, onde representaria os Estados Unidos. No entanto, em 2015, foi-lhe diagnosticada uma doença rara que a sua mãe e o seu irmão mais novo também sofrem, tendo que deixar de montar. A doença de Lyme, contraída pela picada de um tipo de carraça, deixou a sua saúde tão instável que Bella não podia mais estar segura em cima de um cavalo, terminando o seu sonho de forma cruel.

Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona

Entre outros sintomas, a doença de Lyme causa exaustão, febre muito alta, calafrios, dormência, dores musculares e articulares, rigidez, problemas cardíacos, problemas de visão e até distúrbios do sono e de memória. Pelo que, logicamente, assim que a doença se manifestou, ela teve que esquecer o seu desporto a nível profissional.

Uma infância feliz

Bella, junto com os seus irmãos e pais, passou a infância mais idílica numa fazenda na cidade de Santa Barbara, e anos depois, toda a família se mudou para Malibú. Pensa-se que o facto da sua mãe, irmão e ela sofrerem da doença de Lyme se deva ao facto de toda a família passar muito tempo ao ar livre, entre animais e ervas daninhas, um ambiente propício ás carraças que a transmitem.

Começos na moda

Em 2014, Bella mudou-se para Nova Iorque para começar os seus estudos de fotografia na Parsons School of Design e, pouco depois, assinou contrato com a agência IMG Models, que também representa a sua irmã Gigi, começando a sua carreira como modelo. A sua estreia na passarela foi para a Desigual durante a New York Fashion Week, e pouco tempo depois era solicitada por grandes empresas como Tom Ford, Tommy Hilfiger, Jeremy Scott ou Marc Jacobs. Em Milão, desfilou para Moschino, Missoni, Bottega Veneta e Philipp Plein. Entrou na moda de Paris pela grande porta, desfilando pela Chanel em Dezembro de 2015.

2016: o ano da fama

Ao longo de 2016, Bella Hadid deixou de ser praticamente desconhecida sendo considerada a modelo do ano. Conseguiu as “asas” quando seleccionada pela prestigiada empresa de lingerie Victoria’s Secret para fazer parte do seu mediático desfile anual, no qual desfilou com a sua irmã Gigi.

Seria a primeira vez que as duas irmãs desfilariam juntas pela marca.

A top model é actualmente um dos nomes mais importantes do mundo da moda. Ao lado da sua irmã, Gigi Hadid, Bella continua a dominar os desfiles das semanas de moda pelo mundo, como Nova Iorque  e Paris, bem como a conquistar o tapete vermelho dos maiores eventos internacionais.

Imagens: divulgação Bella Hadid, a modelo que queria ser amazona . .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados