Black Friday sim, mas cuidado com a Black Fraude

Black Friday sim, mas cuidado com a Black Fraude

Aqui em Tendências Online já estamos a falar do tema há semanas. Uma  oportunidade de comprar moda, tecnologia, brinquedos e muitos outros produtos com descontos suculentos, bem como uma tradição que recebemos em Portugal de braços abertos. .

Também já dissemos que todos os anos que passam o Black Friday tem um melhor acolhimento e que as previsões calculam que num único dia se pode conseguir arrecadar mais de 25% das vendas de todo o mês. Sim, parece um bom momento para ir comprar esse casaco que ainda não decidimos comprar por causa das mudanças climáticas ou para avançar nas compras de Natal.

Black Friday sim, mas cuidado com a Black Fraude

Mas, cuidado, porque desde à algum tempo temos vindo a ver as queixas nas redes sociais de usuários que acusam algumas empresas de realizar manobras fraudulentas, como aumentar os preços dias antes de Black Friday. Um fenómeno que está a ser analisado pelas associações de consumidores como a DECO através de pesquisas.

Existem muitos consumidores que consideram que as marcas e as empresas falsificam parte dos descontos apresentados na Black Friday.

Não se trata de ficar paranóico e pensar que as marcas nos estão a tentar enganar. Na verdade, por muitas denúncias que encontremos nas redes sociais, a história de queixas reais sobre fraude está a decrescer e as previsões de vendas para esta próxima Black Friday excedem as do ano passado.

Black Friday sim, mas cuidado com a Black Fraude

Claro que tens que ter os olhos abertos e tentar comprar com sabedoria. É por isso que devemos ter atenção antes de fazer qualquer compra: as condições de devolução dos produtos (e se respeitam os 15 de rigor ou até mais para aproveitar as compras de Natal).

Assegura-te de que não tenham defeito de fabrico, que não deixam de ter os anos de garantia correspondentes, que não abusem nos gastos de envio ou aproveitem o vórtice para nos vender uma falsificação e, claro, está muito atenta às condições das ofertas flash, que desaparecem num piscar de olhos (ou com um clique do rato).

Enfim, de uma ou outra maneira, no final, apenas nós podemos decidir até que ponto estamos dispostos a pagar por um produto, se realmente precisamos dele e que conselhos queremos seguir para tornar a nossa Black Friday num verdadeiro sucesso.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados