Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar

Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar

O cuidado do cabelo é importante antes, durante e depois de alisar cada porção.

Existem graus de dano. Um dos principais problemas que temos quando alisamos o cabelo é que ele não permanece o mesmo com o passar dos dias. Este tende a ficar seco e tem uma leve descoloração devido ao calor que aplicamos.

Muitas de nós usamos pranchas para alisar o cabelo com graduação, a qual usamos incorrectamente. Para ter um cabelo bonito e perfeito, escolhemos o poder mais forte. Sim, obtemos um resultado que nos deixa felizes, mas danificamos o nosso cabelo terrivelmente.

Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar

O cuidado do cabelo antes e depois do uso de pranchas é importante. A aplicação de óleos naturais e máscaras elaboradas feitas de produtos orgânicos são a melhor alternativa. Mas o que acontece quando estes não funcionam?

A primeira coisa que devemos fazer é ir a um especialista. Talvez a primeira coisa que passa pela tua cabeça é que vais tentar cortar todo o cabelo queimado, porque esse é o trabalho dos salões de beleza. Mas deves afastar essa ideia. Eles são especialistas e irão ajudar.te a analisar o cabelo e dar-lhe a solução eficaz.

Se depois de tentar tudo o vires que não há mudanças, é aconselhável apostar num corte de cabelo de acordo com o teu tipo de rosto. É sempre uma boa ideia apostar numa mudança de visual. Vamo-nos ver de maneira diferente e sentiremos que estamos a curar o cabelo lentamente. Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar

Para as mulheres que querem ter um cabelo sem frizz e ondulado, podem apostar por um laceado. Existem muitos tipos e com componentes diferentes. Antes de escolher um, deves reconhecer a condição que tem e se pode resistir a um desses procedimentos.

Imagens: divulgação Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar Cabelo estragado pela prancha? Como o salvar .




Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.