Campanha da Nike envolta em polémica

Campanha da Nike envolta em polémica

Campanha da Nike envolta em polémica

Há pessoas que estão a queimar as suas sapatilhas Nike nos EUA e a razão tem a ver com esta campanha.

As campanhas publicitárias da empresa de moda desportiva estão a ser o foco de todos os olhos ultimamente. Há alguns dias falamos da sua luta pela igualdade com “Juntas e Imparáveis” no México e a controvérsia em torno das malhas de Serena Williams e agora a notícia é a sua polémica campanha com Colin Kaepernick.

O ex-jogador de futebol americano Colin Kaepernick, conhecido por se ter ajoelhado durante a interpretação do hino nacional num jogo oficial da liga em protesto contra o racismo da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) foi anunciado pela Nike como o protagonista da sua campanha para o 30 º aniversário de “Just do it” e não deixou ninguém indiferente.


Desde que a inclusão de Kaepernick veio à tona, a decisão da Nike deu muito que falar, mas não foi até hoje e sob a #justburnit hashtag e #BoycottNike que começaram os protestos. Consumidores irritados reagiram queimando as suas sapatilhas, cortando o logótipo da roupa desportiva da firma e publicando mensagens que manipulavam o seu slogan como um símbolo de protesto contra essa decisão da empresa, tendo-se a questão tornado num trending topic nos Estados Unidos.

Gesto Kaepernick foi muito proeminente durante 2016 e considerado por muitos (incluindo o presidente Trump) como um insulto à cultura norte americana, embora se tenha defendido denunciando o racismo e a violência policial, sendo seguido por outros atletas, abrindo um debate nacional.

Actualmente o atleta está em processo judicial devido a essa questão e parece que a Nike o decidiu apoiar apesar das críticas iminentes.


Kaepernick também terá um contrato de publicidade, uma linha exclusiva de roupas desportivas dentro da empresa que irá alocar os fundos para a instituição beneficente “Know Your Rights”.

A campanha está a tornar-se muito polémica, mas podemos considerá-la uma obra-prima de marketing ou um erro?

Aparentemente, as acções da marca estão a cair nos índices internacionais.

Imagens: Nike/Twitter




Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.