Christian Dior: uma marca por excelência

Christian Dior: uma marca por excelência

A marca Dior continua a ser considerada uma das mais respeitáveis no mundo da moda

58 anos após a morte de Christian Dior, uma das maiores referências do mundo do design no mundo da moda, elaboramos uma lista com algumas das cifras mais impactantes do seu legado. Até à data, a empresa está avaliada em nada menos que 34 biliões de dólares.

1 – Foi um famoso designer de moda de origem francesa, reconhecido por ter fundado com sucesso uma marca homónima em 1946. O portal “The Richest” acredita que ao falecer, em 1957, teria uma fortuna estimada em 60 milhões de dólares.

2 – Hoje, a marca pertence ao magnata Bernard Arnault, também dono de marcas de luxo, como a Dom Perignon, Bulgari, Louis Vuitton, Fendi e Sephora. De acordo com a Forbes, Arnault comprou Christian Dior em 1984, por 15 milhões de dólares.

Arnault comprou Christian Dior em 1984, por 15 milhões de dólares
Arnault comprou Christian Dior em 1984, por 15 milhões de dólares

3 – Quanto ao design criativo da marca, após a morte de Christian Dior, tem estado sob o controle de vários designers de renome do meio. Entre eles destacam-se Yves Saint Laurent, Marc Bohan, Gianfranco Ferre e John Galliano.

4 – Quase 70 anos após a sua fundação, a marca Dior continua considerada entre as mais respeitadas no mundo da moda. Em 2014 a Forbes estimou um capital de mercado de mais de 34 biliões de dólares.

5 – Como empresa, tem ultrapassado fronteiras operando actualmente em cinco grupos empresariais diferentes. Estes incluem alta-costura, vinhos, moda, perfumes, cosméticos, relógios e joias.

Perfumes, outro sucesso de Dior
Perfumes, outro sucesso de Dior

6 – Para muitos especialistas no mundo da moda, Christian Dior representa a elegância clássica e um retorno à imagem feminina. Especialmente, e no seu momento, significou a recuperação do luxo perdido depois da depressão após a Segunda Guerra Mundial.

7 – Ao longo da sua vida, Christian Dior teve a oportunidade de vestir diferentes rainhas do continente europeu, mas numa das suas últimas entrevistas, em 1953, disse que a única rainha que tinha vestido foi Evita Perón, antigamente, primeira-dama da Argentina.

Evita Perón
Evita Perón

8 – O legado da marca teve a honra de continuar a vestir diferentes personalidades famosas da realeza, da política e do mundo do espectáculo. Entre elas destacam-se a da falecida princesa Diana de Gales, e a bela francesa Carla Bruni.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados