Cinco dilemas que a moda não consegue resolver

pr1

Milénios de evolução e a nossa t-shirt favorita continua a encolher a cada lavagem. A roupa de cor não pode ser misturada com a branca, porque senão esta última fica tingida.

Estes são apenas dois factos através dos quais podemos constatar que o mundo da moda está cheio de dilemas que não consegue resolver, mas que todos os leitores conhecem bem.

Quem não se viu perante uma destas cinco situações, atire a primeira pedra!

  1. A cintura das calças que provoca paragens de digestão, mas deixa um “buraco negro” na zona das nádegas

É matemática simples: calças que se ajustam à cintura, cós que literalmente se “cravam” no estômago. O cúmulo chega quando, apesar de não ser capaz de enfiar uma agulha entre o estômago e o tecido, descobrimos que na parte traseira cabe outra pessoa. Com que tipo de magia negra são as calças fabricadas em pleno século XXI?

  1. A camisa que insiste em querer que mostres mais do que deves

É bastante óbvio que ter peito não é minimamente compatível com camisas de botões, e isto porque qualquer que seja o teu tamanho, o botão situado à frente e ao nível do peito parece que vai explodir a qualquer instante. Já para não mencionar que está colocado de tal maneira, que se o desapertas mostras o umbigo!

Engordei ou encolheu?
Engordei ou encolheu?
  1. A roupa que encolhe a cada lavagem

Compras um vestido sem mangas, pela altura do joelho, mas após a primeira lavagem transforma-se numa camisa comprida. E isto aconteceu com uma lavagem em água fria! Que faria se fosse a 40 graus (ou mais). 4. As calças que encolhem sem limite

Acontece principalmente com os jeans quando os metes ocasionalmente na máquina de lavar, na esperança de lhe devolveres a forma. Mas a verdade é que após 20 minutos as calças “skinny” ficam tão largas como as que usava a tua mãe nos anos 80. Mas não te preocupes, porque alargou em todos os sítios menos…na cintura! 5. O tecido cheio de borboto.

Às vezes interrogamo-nos sobre o facto de o borboto ser ou não um modo de camuflagem, que se junta aos amigos todos os dias e de repente… Zas: uma festa surpresa que transforma a tua peça numa verdadeira floresta E não importa qualquer técnica para o tirar, com máquina ou à mão, porque é uma autêntica erva daninha: arrancas uma e nascem sete.

Palavra de escuteiro.

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.