Comércio livre internacional para o calçado

Comércio livre internacional para o calçado

No âmbito do 20.º Congresso da União Internacional dos Técnicos da Indústria do Calçado, os representantes de associações de calçado dos cinco continentes assinaram um acordo histórico, na cidade do Porto, pela defesa do comércio livre.

A Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes e Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS) salienta a importância da assinatura do documento. “Para a APICCAPS, tendo em linha de conta que a indústria portuguesa de calçado exporta 95% da sua produção, para 152 países, nos cinco continentes, esta declaração conjunta de defesa do comércio livre, justo e equilibrado é de extrema relevância”, indica o comunicado da associação presidida por Luís Onofre.

A nota salienta ainda que “importa ainda combater todas as práticas que distorcem a concorrência”.

Segundo as associações signatárias, “o proteccionismo reduz o consumo, o investimento e as oportunidades de emprego, consequentemente reduzindo a competitividade e o crescimento das empresas de calçado”.

O presidente da Confederação da Indústria do Calçado, Cleto Sagripanti, afirma, citado no comunicado, que, “no médio-longo prazo, os regimes proteccionistas apenas contribuem para fragilizar as respectivas empresas”.

Fonte: Portugal Logistics Comércio livre internacional para o calçado Comércio livre internacional para o calçado
Imagens: divulgação Comércio livre internacional para o calçado Comércio livre internacional para o calçado .




Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados