Conheces a diferença entre apetite emocional e real?

Conheces a diferença entre apetite emocional e real?

Todas nós, quando sentimos fome, fazemos todo o possível para satisfazer essa necessidade, pelo que muitas vezes procuramos o primeiro alimento que temos ao nosso alcance para o levar à boca.

No entanto, muitas vezes tendemos a experimentar um desejo imperativo e impulsivo de continuar a comer. Por este motivo, os nutricionistas recomendam que, na altura de nos alimentarmos, tomemos em consideração as seguintes diferenças:

• Durante um apetite emocional, a fome é desencadeada de repente. Enquanto, num físico, a sensação será real.

• Num apetite emocional, a pessoa tem um desejo específico e nada mais o pode satisfazer. Num real, o estômago está aberto a qualquer coisa colocado no prato.

• Um apetite emocional exige atender ao mesmo nesse preciso momento, enquanto que num real, o estômago pode esperar um pouco para ser saciado.

• O apetite emocional deixa-nos comer mesmo quando estamos satisfeitos. Num real, o estômago indicará quando devemos parar.

• O apetite emocional muitas vezes causa um sentimento de culpa. Por outro lado, num real, não será assim.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados