Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Nós, seres humanos, precisamos de iteração e comunicação com outras pessoas; também pertencemos a grupos sociais com os quais nos identificamos, estabelecemos metas e marcamos propósitos nas nossas vidas. Uma forma de comunicação, às vezes involuntária, mas outra intencional, é a roupa e as peças que escolhemos usar, que nos podem ter um estilo próprio.

A maneira como nos vestimos identifica-nos socialmente e constitui a imagem que condiciona a forma como os outros nos vêm, a partir do que podem deduzir, correctamente ou não, o nosso nível cultural, gostos, valores, crenças e profissão, entre outros. Enquanto nos sentirmos confortáveis com o que vestimos, transmitiremos segurança, confiança e credibilidade àqueles com quem nos relacionamos, seja qual for a ocasião.

Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Criamos a nossa própria visão da realidade, formando um conjunto de símbolos que nos representam e com os quais nos identificamos. No caso da roupa, é dado pelo tipo de roupa que preferimos. Nos homens, pode variar desde o uso de um pullover com gola redonda, em “v” ou com um colarinho de camisa; camisas com mangas curtas ou compridas; a selecção de cores e padrões; a escolha de calças, o clássico jeans ou as várias alternativas e combinações.

Já as mulheres têm a opção de usar apenas calças, porque se identificam com a roupa, mas também têm saias nas suas diferentes modalidades, bem como camisas, blusas, vestidos, casacos, e conjuntos de vestidos bem conhecidos; sem falar de calçado e acessórios. Tudo isso, dependendo, geralmente da profissão e do ambiente social em que actuamos. Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Da moda ao vestir: a roupa fala de nós
A roupa adequada Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

É importante escolher a roupa adequada, porque quando nos vestimos, também construímos a nossa identidade. Cada indivíduo decide como comparecer perante a sociedade que o distingue e reconhece, mesmo que acabemos por usar peças que não correspondam à nossa estética pessoal, que respondem a motivações culturais, políticas ou sociais típicas de uma dada situação.

Da moda ao vestir: a roupa fala de nós

Embora existam especialistas em imagem no mundo para aconselhar personalidades que o exigem, o estilo pessoal não é imposto. Cada um escolhe livremente o que vestir fora das exigências laborais. O mais importante é sentirmo-nos confortáveis e satisfeitas com a nossa imagem, tratando sempre de que se adeque ao lugar e ocasião.

Imagens: divulgação Da moda ao vestir: a roupa fala de nós Da moda ao vestir: a roupa fala de nós .




Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados