Dietas pouco saudáveis

Dietas pouco saudáveis

São propostas por verdadeiros especialistas em dietas pouco ortodoxas, que se tornam padrões da moda mas longe dos guias da alimentação mundial.

Como reconhece-las e porquê evitá-las.

Vivemos numa sociedade pendente da imagem. Por isso, é muito fácil sermos enganados pelas “dietas da moda”. Deixamo-nos levar pela fantasia de uma solução mágica ou milagrosa, que na verdade é inexistente.

Beleza a troco de saúde
Beleza a troco de saúde

Esta corrente é conduzida por verdadeiros especialistas em dietas pouco ortodoxas, que colocam na moda padrões como guias de alimentação muito afastados dos recomendados a nível mundial. E não se deixem enganar: apenas prometem beleza a troco de saúde.

É muito fácil de detectar uma dieta da moda, já que todas compartilham características comuns:

1) Parecem boas demais para ser verdade
2) Propõem a perda de peso imediato
3) Eliminam um grupo de alimentos completo
4) Sugerem uma alimentação muito baixa em calorias
5) Prometem uma perda considerável de quilos
6) Realisticamente, não são sustentáveis ao longo do tempo.

É incompreensível que algumas dietas proíbam, por exemplo, comer hidratos de carbono visto estes serem o melhor combustível para o organismo. Na verdade, nós sobrevivemos porque nascemos omnívoros e obtemos nutrientes de todas as fontes disponíveis. Portanto, não há alimentos bons ou maus e pela mesma razão, não podemos excluir qualquer fonte, se não quisermos ficar com carências.

Devemos comer um pouco de todos os alimentos
Devemos comer um pouco de todos os alimentos

A titulo de exemplo, uma tigela de cerais de trigo integral com leite tem mais ou menos as mesmas calorias do que uma fatia de bolo de beterraba, com menos calorias do que um prato de salada Caesar (uma salada preparada com alface romana, croûtons e ovos cozidos), ou ainda uma porção frango com salada.

Mas, evidentemente, parece que nem todos o sabem!

Além disso as dietas reduzidas em hidratos de carbono podem produzir ganho de peso, uma vez que não consumindo este grupo de alimentos diminui a sensação de saciedade.

Dizem que a moda é o costume, está em “voga” durante algum tempo. Quem sabe seja interessante seguir as tendências nas roupas ou cortes de cabelo. Porque na nutrição, a dieta não é uma moda, sim sinónimo de saúde, uma vez que somos o que comemos!

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.