Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

De “bombas” de flores a “doces de mentol”, o mercado tem sido preenchido com produtos para a “saúde” da vagina, mas não são nem eficazes, nem necessários, nem saudáveis.

1 – Duches vaginais

A obsessão com a higiene das últimas décadas tornou a moda uma prática desaconselhável: o duche, que envolve irrigar a vagina com água ou outros produtos para “limpar”.

Apenas para. A sério, isso prejudica mais do que possas imaginar! Usa apenas sabonetes neutros, sem exagerar no atrito, com água morna.

Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

A higiene é importante? É claro, mas neste caso temos que nos limitar à parte externa, isto é, à vulva, e com água e sabão neutro é mais que suficiente.

2 – Desodorizantes

Essa tendência de neutralizar qualquer odor que vem do corpo, o que, bem, não é mau se falamos de axilas por exemplo (quem já andou de autocarro sabe do que estamos a falar), foi levado ao extremo por meio de produtos como desodorizantes íntimos.

Mas o uso de produtos com perfume ou com ingredientes que tentam esconder o próprio eflúvio está relacionado, assim como o duche vaginal, com risco de infecções vaginais.

Cheirar é bom, mas…Por acaso as vaginas cheiram mal? Uma vagina saudável com medidas correctas de higiene cheira sim, a uma vagina. De verdade precisamos colocar a nossa saúde em risco para não “incomodar” os narizes mais sensíveis e exigentes?

3 – Ovos de jade

Uma tendência que tem vindo a tornar-se popular na Europa de Leste e que pode comprometer a saúde das mulheres. A pedra jade é porosa, o que permitiria a entrada de bactérias, poderia ser um factor de risco para o aparecimento de uma vaginose bacteriana ou até mesmo para a síndrome do choque tóxico potencialmente mortal.

Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

Então… será mesmo necessário recorrer a estes métodos para uma boa higiene vaginal eficaz? Parece que não.

4 – Óleo de coco

O ginecologista Michael Krychman, director do Centro de Medicina Sexual e Sobrevivência da Califórnia, nos Estados Unidos, menciona que, embora muitas mulheres acreditem que o óleo de coco seja um lubrificante natural para a vagina, o uso dele tem sido associado a infecções vaginais graves em diversos estudos médicos.

O óleo de coco tem um impacto significativo na actividade antimicrobiana. Isso porque diminui o movimento da água através das membranas celulares e acaba interferindo com a produção do muco natural, tendo um efeito oposto com relação ao lubrificante farmacêutico normal. A consequência pode ser um sexo doloroso.

5 – Pó de talco

Um estudo feito por médicos do Brigham and Women’s Hospital, em Boston (EUA), e publicado no jornal ‘Cancer Prevention Research’, apurou que as mulheres que colocam regularmente pó de talco na vagina aumentam em 25% a probabilidade de terem cancro nos ovários.

Já tinham sido feitos vários estudos que relacionavam o pó de talco com o aparecimento de tumores, mas nenhum era conclusivo. Os investigadores analisaram 8.525 casos de mulheres com cancro nos ovários e compararam o uso de pó de talco com o de 9.800 pessoas que não têm cancro.

6 – “Bombas detox à base de ervas”

Talvez precises de ler novamente para não alucinares. Sim, as bombas de detox vaginais de ervas são uma realidade. De acordo com os seus defensores e promotores ajudam a limpar a vagina e “devolvê-la” ao seu estado natural. Alguns até prometem tonificar a vagina e o útero, eliminar infecções, melhorar casos de endometriose… E o cheiro. Quase nada. Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina

Além de prometer algo que não foi comprovado (não há estudos para provar isso), apresentam um risco para a saúde que não é insignificante. Entre as indicações de uso, é indicado que devem permanecer na vagina durante 24 horas, o que as expõe a sofrer uma síndrome de choque tóxico (alguma vez leste o folheto dos tampões? Faz isso).

Imagens: divulgação Estas seis coisas não são necessárias para a tua vagina  .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados