O eterno dilema: cortar ou não o cabelo?

O eterno dilema: cortar ou não o cabelo?

Já sei que ao ver o título do post, a mulher pode pensar que esta questão tem uma resposta fácil – é necessário cortar o cabelo mensalmente.

No entanto, nem todas pensam da mesma forma, sendo que neste campo as opiniões divergem. E muito. É curioso, por exemplo, como as pessoas fazem uma ou outra avaliação de acordo com a sua idade. Analisadas todas as opiniões, parece que a maioria das mulheres acreditam que não devem gastar muito tempo com o cabelo, que há coisas muito mais importantes em que pensar. Ao contrário, quando inquiridas, a maioria das jovens alarmam-se com a ideia de cortar qualquer milímetro.

Cabelo curto pode ser deslumbrante
Cabelo curto pode ser deslumbrante

Este é o cenário a que assisto com frequência: não cortar o cabelo nunca/quanto maior, melhor. Não é uma piada. E quando a mulher vai para a piscina aquecida e quer colocar a touca, acaso colocam um saco de lixo na cabeça?

Não tratar do cabelo é um sintoma de negligência, falta de higiene, o com o tempo pode proporcionar um bom habitat aos piolhos, lêndeas, etc.

Adoro as mulheres que deixam crescer o cabelo, mas… tudo com peso e medida! Não têm um espelho quando, por vezes, e PRINCIPALMENTE, com o uso frequente da prancha, o cabelo cai (literalmente) com uma simples passagem ao compor o penteado com os dedos?

Falta-lhes a noção de que, muitas vezes, um bom corte adequado ao rosto apenas a vai favorecer. Mas não! Cortar o cabelo? Esse tão precioso pedaço que faz parte da nossa vida?

Cada vez que cortamos o cabelo, este fica mais forte, as pontas regeneram-se, a raiz tem de fazer menos esforço ao ter que suportar menos peso. É imprescindível.

Além destas opiniões, existem alguns especialistas em estética e imagem pessoal, que recomendam nos seus blogs cortar o cabelo ao máximo. A mulher deve fazer penteados diferentes. Eles são a única maneira de alcançar o máximo de beleza que o cabelo nos pode oferecer.

Ah! E não esquecer: existem sempre as extensões…

Paulo Costa

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.