“Excesso de beleza” no Uruguay dá origem a multa insólita

“Excesso de beleza” no Uruguay dá origem a multa insólita

“Excesso de beleza” no Uruguay dá origem a multa insólita

Foi, no mínimo, uma atitude insólita registada na cidade de Paysandú, no Uruguai, e que tem feito os cabeçalhos de praticamente todos os média do mundo nestes últimos dias.

É que um guarda de trânsito local multou uma mulher que dirigia pelas ruas do município por um motivo bastante incomum: segundo ele, a motorista conduzia o carro com “excesso de beleza”. Sim, não é mentira.

A dita infracção cometida pela mulher foi anotada e tudo. Uma foto que mostra o registo feito pelo guarda em questão foi parar nas redes sociais e levanta uma série de discussões. “Multada por circular com excesso de beleza em via pública”, diz uma parte da anotação, que ainda aponta “imprudência ao volante” e uma declaração no fim: “Eu amo–te”.

Por questões ainda não apuradas, não foi divulgada a identidade do agente em questão, mas tal atitude pede–lhe valer uma suspensão. De resto, o Departamento de Trânsito abriu um procedimento administrativo para investigar o caso.

A comprovar–se tal acto (irregular), o homem pode ser afastado das actividades ou ainda transferido para outro sector da administração pública.

Imagens: Twitter “Excesso de beleza” no Uruguay dá origem a multa insólita . .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados