Falemos de 3 previsões da moda para o futuro…

Falemos de 3 previsões da moda para o futuro…

OPINIÃO – …isto porque os nossos sonhos mais loucos já são uma realidade.

Todos nós já imaginamos o que será da Humanidade no futuro, quais serão os nossos hábitos e até quais as tendências que moverão a nossa roupa. E, embora existam muitos filmes que buscam alcançar todas as realidades do amanhã, hoje falarei em detalhe sobre as três previsões possíveis, das quais nenhuma pode ser salva do futuro.

Falemos de 3 previsões da moda para o futuro…
Moda e Internet

O avanço no desenvolvimento tecnológico e a implementação da Internet como meio de comunicação levou-nos a aprender sobre marcas que talvez nas nossas vidas tivéssemos ouvido falar. Isso contribuiu para o fato de que todos ansiarmos por um pouco de “luxo” e descobrimos, apenas olhando para as nossas redes sociais, quais são as tendências hoje.

Falemos de 3 previsões da moda para o futuro…

Mas o luxo não se reflete apenas em marcas caras, como a Chanel, agora também o vemos projetado num “simples café” da Starbucks ou no último restaurante onde se instalou, porque todos os seus conhecidos já estão a tirar fotos do prato X. Então, no meio da desconstrução de hábitos que nos dão estilo, a exclusividade deu uma volta e agora todos podemos ter um pouco disso.

Assim, marcas lendárias como a Dior começam a mudar a sua estratégia em direção a uma abordagem digital para se manterem alinhadas com “uma cultura jovem”, onde além de imprimir uma bela foto numa revista de moda, preferem enviar um vídeo com estrela para as suas redes sociais para que qualquer pessoa o possa ver e bem o processo de construção de algumas das suas roupas.

É possível que a Internet se torne a única janela para a venda de roupas, enquanto lojas físicas se tornem salas de exposições, enquanto compramos todas as suas mercadorias em qualquer objeto electrónico com acesso ao seu portal web. Um exemplo disso são as lojas da Apple que, sem dúvida, são pioneiras na imposição de hábitos sociais.

Os locais de aluguer de roupas, também conhecidos como bibliotecas de moda, também são impostos em várias partes do mundo. No momento em que procuramos alternativas à fast fashion (e às vezes precisamos apenas de uma peça de roupa para nos encher de auto-estima virtual), esse modelo de negócio pode ver um boom.

Falemos de 3 previsões da moda para o futuro…
A força das apps

Você já imaginou a possibilidade de ter um armário virtual enquanto conhece pessoas do mesmo estilo? Bem, essa é uma realidade que vivemos e que você pode encontrar facilmente no seu telemóvel com os aplicativos para criar guarda-roupas virtuais, como o Lookbok Stylebook App, ou Cloth, que estão a ganhar força cada vez mais entre os usuários que amam moda. A resposta para o seu interesse aumenta? A facilidade de montar qualquer conjunto sem ter que desembalar tudo o que tem no armário. E se duvida das evidências, pode encontrar em qualquer loja de jogos que cada um desses aplicativos conta com mais de 50 mil downloads.

Agora que as plataformas virtuais estão cada vez mais focadas na moda, mostrando os seus preços e opções de compra (como o Instagram), elas mostram-nos que os painéis digitais e o relacionamento entre as pessoas que compartilham esses gostos podem estar a crescer. Poderíamos ser algo assim como os jogos de computador, onde vestimos algumas bonecas com as roupas que queremos e depois temos a opção de as imprimir como resultado final…As bonecas de amanhã não seriam nada mais, nada menos, do que qualquer um de nós!

Inovação em tecidos

Não podíamos terminar as previsões de moda sem entrar numa das suas matérias-primas, os tecidos. É aqui que grandes especialistas em avanços têxteis, podem sonhar em criar vestidos com características tão sonhadoras que poderiam evocar uma Cinderela do futuro com muita iluminação LED saindo das suas costuras e uma sincronização perfeita com o Twitter.

Mas isso não é tudo. O trabalho já está a ser feito em materiais com nanotecnologia que se limpam, com a ajuda da luz. Assim como na saga “Regresso ao Futuro”, também estamos a trabalhar em roupas que secam e que nos ajudam a carregar os nossos dispositivos.

Mas com estas previsões, o mais importante é perceber que a moda está a mudar para se tornar mais global, consciente, útil e, acima de tudo, para quebrar os estereótipos que só podem ser usados por uma rapariga magríssima com o rosto aborrecido ou pelo seu amigo homossexual que está preso ao seu mini cão, a assistir a todos os desfiles que passam pela televisão.

Jorge M. Salgado

Imagens: divulgação Falemos de 3 previsões da moda para o futuro… . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.