Indústria da moda ajuda profissionais de saúde

Indústria da moda ajuda profissionais de saúde

Indústria da moda ajuda profissionais de saúde

Face aos acontecimentos provocados pela covid-19, grandes marcas da indústria da moda não ficaram indiferentes e meteram mãos a obra.

Giorgio Armani, ajustou a linha de produção e passou a fazer macacões descartáveis para os profissionais de saúde, além disso ainda fez uma doação de 2 milhões de euros.

Grupos como Prada, Gucci e Calzedonia seguiram o exemplo e agora dos seus ateliers saem centenas de milhares de peças de vestuário hospitalar e mascaras.

Ao todo, quase 200 casas de moda italiana, uniram-se e criaram uma cadeira de produção para fabricar à volta de 2 milhões de máscaras por dia.

Zara, Pull & Bear e Massimo Dutti, também se juntaram à causa e dispensaram 63 milhões de euros para equipamento médico.

Quem também não ficou indiferente foi a indústria dos cosméticos, que arregaçaram as mangas e passaram a produzir álcool gel.

Imagens: divulgação Indústria da moda ajuda profissionais de saúde . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.