Indústria e design português na Maison & Object Paris

Indústria e design português na Maison & Object Paris

Indústria e design português na Maison & Object Paris

Portugal está na primeira linha em termos de design e decoração de interiores. É esta a principal mensagem que a comitiva From Portugal leva à Maison & Objet Paris, uma das maiores feiras mundiais do sector, onde a indústria nacional volta a ter presença destacada com um vasto grupo de marcas e empresas.

3DCORK – AMANDA DIAS – BUREL FACTORY – CARAPAU PORTUGUESE PRODUCTS – DEVILLA – JINJA – LABORATÓRIO D’ESTÓRIAS – MARIA PORTUGAL TERRACOTA –PATRÍCIA LOBO – SUGO CORK RUGS – TÊXTEIS IRIS – VICARA

Nas áreas de Design, Lifestyle e Decoração de Interiores, a Maison & Objet Paris é vista como uma feira incontornável, uma verdadeira meca internacional no que toca à definição de novas tendências. Com a próxima edição do evento agendada para os dias 6 a 10 de setembro no centro de exposições Paris-Nord Villepinte, Portugal promete fazer uma nova demonstração de como o design português está na vanguarda da indústria mundial.

3DCork, Amanda Dias, Burel Factory, Carapau Portuguese Products, Devilla, Jinja, Laboratório D’Estórias, Maria Portugal Terracota, Patrícia Lobo, Sugo Cork Rugs, Têxteis Iris e Vicara são as marcas e empresas nacionais que compõem a comitiva From Portugal, reunida pela Associação Selectiva Moda. Com projectos que vão desde os têxteis-lar à decoração, passando pela cerâmica, a delegação portuguesa promete atrair as atenções dos milhares de visitantes que são esperados no certame.

Indústria e design português na Maison & Object Paris

A Maison & Objet é uma das feiras internacionais com maior visibilidade na área de decoração de interiores, é o melhor evento para quem, tal como a nossa empresa, ambiciona crescer nos principais mercados internacionais”, sintetiza Susana Godinho, designer da Suco Cork Rugs, uma marca de tapetes que se destaca por integrar cortiça na produção das suas peças. Já presente em edições anteriores, a marca portuguesa conta este ano com uma maior área de exposição, e espera atrair novos compradores, especialmente dos mercados francês, alemão e escandinavos.

A mesma cortiça está em destaque no stand da marca portuguesa 3DCork. “Nesta edição apresentaremos as nossas coleções de utilitários para mesa e cozinha, acessórios de decoração e colecção de Natal, integralmente em cortiça ou combinados com outros materiais. Vamos também apresentar em primeira mão a nova imagem da empresa, que acentua a nossa vertente natural e ecológica”, anuncia Sara Nunes, directora comercial da marca.

Já na área das cerâmicas, a Maria Portugal Terracota, marca oriunda de Porto de Mós, faz sobretudo pontaria ao mercado britânico, onde já está presente e procura aprofundar contactos. “A feira é uma excelente fonte de contactos para a expansão internacional. Para além do mercado britânico gostaríamos de dar início também ao mercado alemão”, explica Ana Santos, representante da marca.

No mesmo sector, a Laboratório d’Estórias promete lançar novas peças exclusivas, que vêm completar o seu catálogo. “Dentro da colecção zoomórfica iremos apresentar um novo insecto – O Gafanhoto. Assim como iremos apresentar na colecção vegetalista, uma nova casca de fruto seco – A Amêndoa.”, explica Carmen Ramalho, representante da marca portuguesa especializada no design de peças decorativas em cerâmica.

Indústria e design português na Maison & Object Paris

Também a partir da cerâmica, Patrícia Lobo cria candeeiros únicos, reconhecidos pelo seu design minimalista e contemporâneo. “Na Maison & Objet vamos apresentar 8 modelos de candeeiros de cerâmica, juntamente com 6 cores disponíveis, em tons pastéis e acabamento acetinado”, explica a designer que criou a marca em nome próprio há apenas dois anos e prepara-se agora para marcar presença pela primeira vez na feira de Paris.

Entre os estreantes consta também a Jinja, uma marca inovadora que produz artigos de decoração e mobiliário a partir de desperdícios têxteis. “Sendo a primeira vez que participo numa feira deste tipo, não terei as expectativas demasiado altas. Mas gostava de conseguir arranjar bons clientes, que tornassem a empresa sustentável”, salienta Norma Silva, designer e fundadora da marca.

A participação das empresas portuguesas na Maison & Objet é uma iniciativa promovida pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto “From Portugal” é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 12.571.412,64 €, dos quais 6.932.663,71 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.”

Imagens: From Portugal Indústria e design português na Maison & Object Paris .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados