ATP reúne fileira para debater futuro pós-covid

ATP reúne fileira para debater futuro pós-covid

Fórum Indústria Têxtil 2020
A principal reunião anual do sector têxtil vai ter lugar este ano a 26 de novembro.

Num novo formato, adaptado às atuais contingências de segurança, o sector têxtil vai reunir-se para debater os principais desafios que se avizinham, com os olhos postos nas transformações causadas pela pandemia. Que mundo sairá da crise e como os modelos de negócio se devem adaptar à mudança são alguns dos temas em cima da mesa, neste simpósio online que será transmitido em streaming para todos os interessados.

A indústria portuguesa de têxteis e vestuário reúne-se no próximo dia 26 de novembro para o seu fórum anual, este ano realizado através das novas plataformas tecnológicas. No simpósio online, entre as 16 e as 18 horas, empresários e representantes do sector vão debater as principais transformações causadas pela pandemia e as estratégias que o negócio têxtil deve afirmar para antecipar um novo paradigma pós-Covid. Na lista de oradores, está prevista a participação de Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

Se antes da pandemia, a indústria têxtil e de vestuário sentia já um mundo em constante transformação, a atual crise sanitária veio catalisar as mudanças estruturais já identificadas: digitalização, sustentabilidade, responsabilidade social e novos hábitos de consumo afirmam-se hoje de uma forma cada vez mais profunda, acelerada. “A pandemia do Covid-19, que ainda vivemos, inesperada e brutal nas suas consequências, surgiu como um acelerador da História, tornando as transições mais imediatas, sem qualquer transição ou preparação”, resume Mário Jorge Machado, presidente da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, antecipando a edição do fórum deste ano.

A mudança nos modelos de negócio e os previsíveis cenários pós-covid sãos os fios condutores para um fórum com uma lista de oradores de grande experiência e conhecimento da atividade industrial e económica. Para além dos discursos de Mário Jorge Machado, presidente da ATP, e de Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, o programa conta com Augusto Mateus, da EY Portugal, como Key Speaker e com uma mesa-redonda composta por Ana Tavares (Smartex), Nuno Gonçalves (IAPMEI), Ricardo Gomes (El Corte Inglés) e Vitor Abreu (Endutex), numa conversa moderada pelo jornalista Jorge Fiel.

“Quem ambicionar ter um lugar no futuro, sobrevivendo à pandemia e aos seus efeitos negativos no tecido empresarial, terá de se posicionar com mais critério, mais foco e mais especialização, terá de ser mais tecnológico sem prescindir da criatividade e da moda”, antecipa Mário Jorge Machado, lançando as bases para o debate.

A ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal convida todos os interessados a integrar a audiência do fórum têxtil, agendado para dia 26 de novembro, das 16 às 18 horas. O acesso ao evento é gratuito, mas exige inscrição prévia.

Imagens: divulgação . . ATP reúne fileira para debater futuro pós-covid
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: