Marilyn Monroe deixou o seu selo na moda

Marilyn Monroe deixou o seu selo na moda

Marilyn Monroe encarnou a feminilidade e tornou-se poderosa. Quais foram os seus melhores looks e como marcou tendência no mundo da moda.

Norma Jeane Mortenson não teve escrúpulos em alterar o nome que lhe escolheram os pais. A mudança de nome – mais tarde foi Baker – somou-se a uma viragem de 180 graus no que foi a sua marca. O seu selo distintivo. A 1 de Junho de 1926 nasceu uma mulher, que mais tarde foi Marilyn Monroe, valioso mito sensual que deslumbrou com apenas 21 anos milhares de espectadores que a converteram em quem foi: um cobiçado ícone da moda.

2

Hoje cumpriria 91 anos quem irrompeu na sua época para transcender para sempre. Marilyn foi e será Marilyn, alimentando a imaginação popular, criando fantasias para sempre.

O seu estilismo apesar da sua partida, faz dela uma referência no mundo da moda. Um luar pintado e perfeitamente colocado ao lado de um loiro que a caracterizou para sempre, fizeram de Marilyn uma imagem inesquecível.

3

A sua juventude, frescura e simpatia permanecem no imaginário popular. Os seus looks ainda marcam tendências, tal como as suas frases, aparências e imagens atemporais.

A sua carreira durou apenas 16 anos: foi actriz, produtora, cantora, empresária e líder de moda. A sua atitude “sex symbol” deu-lhe a aceitação num Hollywood reprimido dos anos 50, posicionando-a entre a elite das mulheres mais bonitas do mundo.

5

Fazia e decidia o seu guarda roupa sem se importar com o que as pessoas pensavam ou o que o público pedia. Um dos seus primeiros inventos – revolucionário para a época – foram os botões que ela mesma cozia na parte do peito das suas peças para dar a impressão de ter mamilos marcados.

Conhecia perfeitamente o seu corpo e sabia que partes queria destacar e quais deixar de lado. O desenhador Bill Blass recordou-a na sua autobiografia: “Monroe é a única mulher que vi e que concentrava toda a sua atenção nas nádegas, no traseiro. Sabia perfeitamente como destacar com as costuras”.

4

Um vestido dourado plissado, para “Os homens preferem as loiras”, foi o primeiro trabalho onde os críticos consideraram o seu guarda-roupa demasiado provocante. Ainda assim, Marilyn usou-o para receber o Prémio Photoplay em 1953, deixando claro o seu carácter e o quão pouco se importava com a opinião dos outros.

Os seus looks marcaram uma tendência na moda e na maneira de vestir das mulheres da época. Os jeans de cintura subida, as camisas brancas e frescas, golas altas, saias lápis, entre outras, foram apenas algumas das peças que começaram com Monroe.
A actriz morreu aos 36 anos deixando um legado de moda que permanece na actualidade

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.