Michael Douglas nega acusações de assédio sexual

Michael Douglas nega acusações de assédio sexual

“É uma mentira completa, uma falsificação”, diz o actor de 73 anos

O actor Michael Douglas negou ter-se masturbado na frente de uma escritora há mais de trinta anos, uma acusação que ainda não havia saído à luz, mas que circulou nas últimas semanas por diferentes meios especializados em Hollywood.          .

O portal Deadline publica uma longa e exclusiva entrevista com Douglas, 73 anos, quem quis assumir a liderança numa possível controvérsia de assédio sexual antes de ser publicada e em que ele era o indicado. “É uma mentira completa, uma falsificação, não há nada de verdade nisso”, afirmou o protagonista de “Wall Street” (1987).

Douglas mencionou que em Dezembro foi contactado pelo The Hollywood Reporter acerca de uma informação sobre uma empregada que trabalhou com ele à “aproximadamente 32 anos atrás”.

De acordo com a suposta vítima ao The Hollywood Reporter, Douglas uma vez ter-se-ia masturbado na frente dela, despediu-a, impediu-a de obter outro emprego na indústria cinematográfica e usou linguagem desagradável e lasciva na frente dela enquanto conversava com outras pessoas.

O actor pediu desculpas se alguma vez tivesse expressado de forma inadequada em sua presença, mas negou as outras duas alegações: que a tenha boicotado profissionalmente e assediado sexualmente.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados

Tendências Online Portugal Shopping Online Ignorar

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.