Modelo da Gucci protesta em plena passarela…da Gucci

Modelo da Gucci protesta em plena passarela…da Gucci

Modelo da Gucci protesta em plena passarela…da Gucci

Ayesha Tan Jones tinha escrito esta mensagem nas palmas das mãos e mostrou-a ao público quando saiu para desfilar.

Uma modelo da casa Gucci protagonizou uma manifestação no meio da passarela contra uma nova colecção de roupas que a marca apresentou na Milan Fashion Week em Itália.

No passado dia 22 de Setembro, a Gucci apresentou um modelo incomum de roupas inspiradas em camisas de força. Ao entrar na passarela, a modelo Ayesha Tan Jones levantou as mãos e as palmas das mãos onde tinha escrito: “A saúde mental não é moda”.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por YaYa Bones (@ayeshatanjones) a

Mais tarde, na sua conta do Instagram, Jones explicou que, com o seu protesto, pretendia acabar com o “estigma” dessa doença. “Como artista e modelo que experimentou as suas próprias lutas com a saúde mental, assim como membros da minha família e entes queridos que foram afectados por depressão, ansiedade, bipolaridade e esquizofrenia, é doloroso e insensível que uma grande empresa de moda como a Gucci use estas imagens como conceito para um momento de moda passageira”, acrescentou.

Segundo Ayesha, essa colecção de roupas é “vulgar, sem imaginação e ofensiva para milhões de pessoas em todo o mundo, afectadas por problemas de saúde mental”. Também enfatizou que o seu protesto foi “apenas um gesto simples comparado à coragem” com o qual as pessoas que sofrem dessas doenças devem enfrentar o seu dia a dia.

Imagens: divulgação Modelo da Gucci protesta em plena passarela…da Gucci
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados