Modelos plus size: a propósito de ” body shaming”

Modelos plus size: a propósito de " body shaming"

MODELOS XL – Uma modelo plus size responde a quem a humilhou num post sexista… E recebe apoio até mesmo das celebridades

Não que de uma pessoa que se dedica a humilhar outra através das redes sociais se possa esperar grandes valores cívicos. Mas, às vezes, há usuários que ultrapassam todos os limites, e para além da prática vergonhosa de “body shaming” contra pessoas que nem sequer conhece, tornam-no sexista e desrespeitoso para com as mulheres.

Foi o que sucedeu num comentário de um usuário do Twitter, no qual compara uma mulher forte com uma magra em termos sexuais. Talvez ele o considere muito engraçado, mas estes comentários dão a volta ao mundo.


Este é o tweet original, que divulgou um usuário anónimo (e que, surpreendentemente, não o apagou). A sua mensagem: “Mulheres de quem gosto  vs. mulheres que gostam de mim”. As protagonistas da nada engraçada publicação são, à esquerda, a modelo Joëlle Kayembe; à direita, a também  modelo Lesego Legobane, 24 anos, muito conhecida na África do Sul pelo seu trabalho como modelo plus size e como um activista “body positive”. Lesego responder ao autor do tweet original com apenas quatro palavras: “Não gosto de ti”.


Com esta mensagem,  ganhou muitos usuários do Twitter que já falam da história mais indecente. Tem mais de 300.000 retweets e quase um milhão de gostos em apenas três dias, incluindo os de celebridades como Nicki Minaj e Ariana Grande.

Mas Joëlle, a outra modelo presente no comentário, teve algo a dizer. E também o fez através do Twitter, com uma mensagem ainda mais forte: “Como se o mundo necessitasse de um outro exemplo de idiota nojento”.


Ambos falaram, também fora das redes. Joëlle disse que se sente “muito orgulhosa” da reacção de Lesego e que “usar a imagem de uma mulher, neste caso a minha, para humilhar pelo seu físico outra mulher é rude e desnecessário”. Enquanto isso, Lesego diz sentir-se muito grata pelo amor recebido nestes dias e tem uma última mensagem muito forte. “Odeio que alguns homens acreditem que nós, as mulheres fortes, estejamos desesperadas e que gostamos de qualquer homem porque não temos outras opções. Não faz sentido. Eu posso ser gorda e. ainda assim, estar fora da tua liga”.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados