A mulher bonita não precisa de artificialismos

A mulher bonita não precisa de artificialismos

OPINIÃO – As mulheres têm uma capacidade única de se sentirem feias. Não que nós homens também não a tenhamos, mas temos que convir que nunca (ou pelo menos que me lembre) olhamos para trás a admirar um fato, ou a inquirir-nos onde foi comprado.

Paralelamente, as mulheres têm uma tendência para se sentirem “depreciadas”, ou ainda indo mais longe, sentirem-se feias. Bonitas são as actrizes, os modelos, aquelas mulheres que vemos elegantíssimas, com vestidos justos ou ainda calças.

Desiludam-se pois, todas as que pensam assim. Esse não e mais do que o poder da maquilhagem e de muitos outros acessórios que literalmente “encolhem” o corpo de uma mulher para caber dentro de um vestido ou calças. Acreditem, em muitos casos quando tiram a roupa de repente aumentam 5 quilos, a celulite apareces, as varizes… E na hora de tirar a maquilhagem? Bem, essa não comento.

Cameron Diaz sem maquilhagem: nota 20 ao natural.
Cameron Diaz sem maquilhagem: nota 20 ao natural.

A beleza, tal como nós estamos habituados a ver, é falsa. Aliás, prova disso são os artigos que inundam este portal. O aspecto de algumas estrelas, actrizes e até da nossa vizinha do lado, dá um salto radical quando as vemos sair do ginásio, quando vão buscar o pão, ou ainda em casa (principalmente no jardim).

É aí que a mulher se apercebe dos milagres da cosmética e de que, com um bom esteticista e cabeleireiro a seu lado, também ela pode passar por “celebrity” no verdadeiro sentido da palavra.

Eu, pessoalmente, prefiro a beleza natural.

Uma mulher ou é bonita ou o não é. Se o é, o que deve fazer é apenas aproveitar os traços do rosto e curvas do corpo para os acentuar. Ao contrário, deve realmente procurar melhorar a sua imagem mas sem exagerar, sem cair no perfeito ridículo.

Um exemplo de uma mulher realmente bonita: Cameron Diaz, Photoshop free.

A julgar pela imagem a actriz aposta com êxito na sua beleza natural. Sem uma gota de maquilhagem e sem perder esse encanto e beleza natural que a caracteriza. A protagonista de “Doidos por Mary” passeia pelas ruas de Nova York com uma camisa e jeans, marcando um estilo natural, informal, mas ao mesmo tempo elegante. Sinal de que a actriz vive com os pés na terra e neste momento desfruta de uma etapa feliz na sua vida.

Já agora, para quem pensa que o Photoshop só é aplicado nas fotografias…tem razão. Mas se me quiserem enviar um e-mail, eu digo-vos o nome dos programas para eliminar as rugas e dar outro aspecto na televisão…

Resumindo: as mulheres bonitas não crescem nas árvores e acreditem ou não, não existem assim tantas como parece.

Paulo Costa

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.