Paul Newman cede parte do seu salário a Susan Sarandon

Caso não tivéssemos motivos suficientes para adorar Paul Newman eternamente, acabamos de nos inteirar sobre o gesto bonito e generoso que ele teve com Susan Sarandon.

Os actores trabalharam juntos em “Twilight”, um filme de 1998, e Paul Newman ofereceu-se para ceder parte do seu salário quando soube que Susan Sarandon cobrava menos do que ele pelo seu trabalho.

Susan Sarandon acaba de o confirmar numa entrevista recente: “Emma Stone disse uma vez que conseguiu a equiparação salarial porque as estrelas masculinas do filme insistiram nesse ponto e cederam parte do seu vencimento. O mesmo aconteceu com Paul Newman quando fiz um filme com ele e me disse: “Vou-te dar parte do meu vencimento” Foi uma jóia”.

O filme regia-se sob a norma salarial da “nação mais favorecida”, isto é, que todos cobram o mesmo que o actor com o salário mais alto. Susan disse que, embora tivesse o mesmo trabalho que as co-estrelas (Paul Newman e Gene Hackman), essa regra só se aplica aos actores do sexo masculino. Até que Paul Newman se inteirou da injustiça e colocasse cartas no assunto. Como disse, uma jóia de homem.

Em Hollywood, ainda estão a lutar contra a diferença salarial entre homens e mulheres, e ainda precisaremos de continuar a ver casos como Mark Wahlber e Michelle Williams, quem cobrou apenas 1% do que o seu companheiro.

Fotos | Gtres, Twilight
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados

Tendências Online Portugal Shopping Online Ignorar

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.