Portojóia: 30 anos a celebrar a joalharia portuguesa

Portojóia: 30 anos a celebrar a joalharia portuguesa

Portojóia: 30 anos a celebrar a joalharia portuguesa

A 30ª edição da Portojóia – Feira Internacional de Joalharia, Ourivesaria e Relojoaria acontece na Exponor, em Matosinhos, de 26 a 29 de setembro.

A celebrar 30 edições, a Portojóia faz uma homenagem ao passado e presente da joalharia, através do elogio às técnicas tradicionais e do olhar atento aos novos criadores. De 26 a 29 de setembro, o evento vai juntar 150 expositores, dos quais 55 marcas nacionais, 27 empresas internacionais e 13 jovens designers que estarão em destaque no espaço Studio.

Em destaque estará o “Trend Spot, espaço de tendências, com uma curadoria de peças que representam os novos movimentos criativos: ​​“Roots & Wings” reflete a vontade de regressar às raízes e à essência para projetar o futuro; “Mentes Viajantes” remete para o cruzamento de lugares, experiências e culturas; “Soft Power” transmite a necessidade de desligar do stress quotidiano e “Espiritualidade” fomenta a ligação a um estilo de vida mais introspetivo e reflexivo.

Já a iniciativa “Arts  & Jewels” apresenta as colaborações exclusivas entre marcas de joias e criadores de outros setores, neste caso a moda, decoração, design e artes plásticas: a Eugénio Campos aliou-se à designer de moda e modelo Diana Pereira; Liliana Guerreiro, designer de joalharia contemporânea apresenta uma criação em parceria com a icónica marca de sabonetes e produtos perfumados Castelbel; a também designer Telma Mota uniu-se à marca de design de produto Madre e o joalheiro André Rocha juntou-se ao artista plástico Pedro Guimarães.

Com o objetivo de inspirar e fomentar a partilha de conhecimento, no espaço “Jewel’s Labs” quatro marcas sugerem novos conceitos de exposição e vitrinismo, dirigidas ao retalho, funcionando como protótipos de inspiração para as ourivesarias. São convidadas desta edição a concept store Scar ID e as marcas de joalharia Mesh, Mimata e Wings of Feeling.

Vocacionada para profissionais, a organização espera superar os 10.000 visitantes, contando ainda com um dinâmico programa de atividades paralelas:

26 de setembro, quinta-feira
  • 11h30: “Filigrana de Portugal, Produção Artesanal certificada”, por Teresa Costa, Diretora Executiva da Aderecertifica
  • 15h00: “Comércio ético e responsável em diamantes, pedras de cor, pérolas e corais – o que fazer e o que evitar”, por Rui Galopim de Carvalho, da CIBJO – The World Jewellery Confederation
  • 16h30: “Documentação internacional – exportação temporária e definitiva”, por André Costa, da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa
27 de setembro, sexta-feira
  • 11h30: “UniqueMark: um método inovador para criar e autenticar uma marca única em artefactos de metais preciosos”, por Nuno Gonçalves, Gerente de Inovação no Instituto Nacional Casa da Moeda
  • 15h30: “Online vs offline – o backstage de uma marca digital”, por Marta e Luísa Pedroso, da marca Mel Jewel
  • 16h00: “Sustentabilidade no mundo da moda”, por Ana Costa, da Fashion Catalyst, Marita Moreno e da Rota Criativa, com moderação de Fátima Santos, Secretária Geral da AORP – Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal
  • 19h30: “Grande Prémio de Relojoaria, Anuário dos Relógios
  • 20h00: “Prémio Best Of 2019” – Prémio Carreira, Designer Revelação, Aluno Revelação, Melhor Inovação, Melhor Montra, Melhor Loja Física, Melhor Loja Online, Melhor Montra Stand e Melhor Stand

Mais informação sobre a Portojóia em: http://portojoia.exponor.pt/pt/

Mais informação sobre o programa em: https://portojoia.exponor.pt/programa/

Imagens: Portojóia Portojóia: 30 anos a celebrar a joalharia portuguesa
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados