Portugal com presença recorde na Ispo Munique

De 28 a 31 de janeiro, realiza-se mais uma edição da Ispo Munique, que atinge novamente nesta edição um número recorde, com 44 empresas portuguesas, numa área de exposição com mais 1000 m2, uma iniciativa da Associação Selectiva Moda, em colaboração com o Citeve. Destaque para a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que irá visitar as empresas portuguesas presentes no certame.

No dia 28 de Janeiro, a convite da ATP, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, irá visitar as empresas portuguesas que irão estar presentes na ISPO, em Munique.

A presença portuguesa nesta edição da Ispo Munich atinge nesta edição um novo recorde, o espaço de exposição ocupado ultrapassa pela primeira vez os 1000 m2 (em 2017: 923m2), o que traduz a importância do certame para a indústria têxtil e vestuário portuguesa. A Associação Selectiva Moda em colaboração com o Citeve, organiza uma vez mais dois pavilhões que se apresentam com o selo “Sport Textile Village FROM PORTUGAL”. Uma oferta ampla e completa, que vai desde o vestuário, calçado desportivo, peúgas e caneleiras, até aos fabricantes de materiais e acessórios têxteis.

“From Idea to Business” é a base da comunicação presente no espaço do CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, presente uma vez mais na ISPO, feira líder mundial na área do Desporto. «Queremos demonstrar as competências do Centro na conceção e desenvolvimento de produtos e processos para o Desporto, fortemente associados à componente de inovação, bem como dar a conhecer a oferta do CITEVE em matéria de testes e ensaios para a validação / certificação de Produto, particularmente importantes em produtos para a prática desportiva», indica António Braz Costa, director-geral.

Fiúza & Irmão – A. Sampaio & Filhos – Barcelcom Têxteis – Beppi – Clothius Tecelagem – Dune Bleue – Eco Pro – Fiorima – Fitor – Garbo – Heliotextil – Idepa – Island Cosmos – J. Caetano & Filhas – Joaps – L.M.A. – Latino Group – Lipaco – Moovexx – NGS Malhas – Oldtrading – Olímpio Miranda – Onda Wetsuits – P&R Têxteis – SAK Project – Savior – Sidónios Seamless – SIT, Seamless Industrial Technologies – Smartinovation – Tapa Costuras – Têxtil António Falcão – Tintex Textiles – são as 32 empresas portuguesas presentes com ao apoio da Associação Selectiva Moda, no âmbito do projecto de internacionalização From Portugal.

Os produtos portugueses estão também em destaque no fórum ISPO Textrends, onde entre 512 candidaturas, se destacam 36 amostras premiadas de 7 empresas portuguesas, algumas merecedoras da chancela Best Product e Top 10.

Estreante na feira e finalista na ISPO Brandnew, na categoria de Acessórios, a EcoPro apresenta em Munique anti-derrapantes para pranchas de surf fabricados em 100% aglomerado de cortiça. O ecoPro Cork Traction Pad, foi o produto da marca escolhido como um dos Top 50 finalistas da Ispo Brandnew.

«Estou impressionado com todos os comentários positivos que estamos a receber tendo como ponto culminante recebermos a distinção, como sendo uma das mais promissoras novas empresas na indústria. Estes são sinais fantásticos!», afirma Ruben Verdadeiro, responsável pela criação do ecoPro Cork Traction Pad.

Na sua 3ª participação, a Island Cosmos, especialista em malhas, apresentas as suas principais novidades, das quais 11 produtos foram seleccionados com a menção Selection, do ISPO Textrends. «Pretendemos divulgar os produtos da nossa marca e angariar clientes neste mercado, com vista a satisfazer as suas necessidades», indica Ana Rita Augusto.

Fitas personalizadas, fitas com fivela, fitas elásticas, fitas de algodão, fitas de polipropileno e fitas de poliéster, são os principais destaques levados pela Idepa até Munique. «Procuramos cada vez mais mercados onde a performance do produto a apresentar exija um know how específico. O nosso conhecimento é essencial», refere Yesica Filipe, do departamento de marketing da empresa.

Especialista em malhas vocacionadas para o desporto e tecnomoda, utilizando fios com características técnicas, a Joaps concretiza nesta edição a sua 4ª participação no certame. «Apostamos num segmento de mercado mais vocacionado para artigos técnicos, desporto e inovadores, e como tal esta feira vai de encontro ao nosso projeto. Estamos certos de que a nossa presença será de grande importância para o aumento exportação no mercado desporto», explica Carla Araújo, departamento comercial da empresa.

Na sua estreia em Munique, a J. Caetano pretende «alargar o portefólio de clientes e dar a conhecer a empresa». Nos produtos, destaque para camisas, saias, vestidos, entre outros, para montanhismo, outdoor, trekking, etc.

Linhas de costura com acabamentos especiais, fios e linhas refletoras, PA para a indústria de meias e malhas, fios estampados e fios reciclados, são alguns dos destaques que estarão em exposição no stand da Lipaco. Para Jorge Pereira, ceo da empresa, é muito importante estar presente na Ispo, «o setor do desportp é muito dinâmico e abrangente, em franco crescimento em termos mundiais e sempre a procura de novas soluções, onde a Lipaco pode ajudar com os seus produtos e acabamentos».

Na sua estreia na Ispo, a Moovexx apresenta uma solução revolucionária agregando um novo valor para o mercado e marcas, é uma tecnologia aplicável ao cós da calça, que ao flexibilizar a medida da roupa, garante performance e estética. «Concluímos que chegou a hora de dar a conhecer este conceito inovador que representamos, às marcas e designers», afirma Manuela Gomes, técnica responsável Europa.

Produtos inovadores, que representam o que a tecnologia Seamless proporciona, são os destaques levados pela estreante Oldtrading. «Tratando-se de uma feira com enorme visibilidade a nível internacional, onde o vestuário para desporto tem grande destaque, pretendemos captar novos clientes que necessitem de produtos com valor acrescentado e de soluções em “Private Label”», explica Rui Gordalina, ceo da empresa.

Também uma estreia, a Smart Inovation leva até Munique as suas principais novidades, especial destaque para uma tecnologia única para incorporação de propriedades no âmbito da saúde e proteção, em todo o tipo de artigo têxtil, Si Repel Mosquito (repelente a mosquitos não tóxico, seguro, sem odor, eficaz e resistente a mais de 100 lavagens) e Si Bactericida (eliminação de bactérias e fungos sem utilização de prata ou outras substâncias tóxicas, com capacidade de neutralização de odor). «Pretendemos promover a nossa tecnologia a marcas, retialers e palyers no setor do vestuário técnico, desporto, outdoor, entre outros, com o objectivo de aumentar a nossa visibilidade na indústria e no mercado, assim como desenvolver colaborações para incorporação da nossa tecnologia nos artigos têxteis das diferentes empresas», refere Mário Brito, CCO da empresa.

Pela terceira vez na feira, a Tintex considera que todas as participações foram bem-sucedidas. «Em todas as edições fomos distinguidos pela ISPO TEXTRENDS com vários produtos e em diversas categorias. Existe um grande interesse por parte de marcas internacionais muito relevantes do active wear e do athleisure, nos nossos produtos e colecções, que se distinguem por aliar criatividade e performance, moda e funcionalidade, inovação e sustentabilidade. E estas marcas irão visitar-nos nesta feira, visto que a ISPO é de facto “The largest trade fair for sport business”», sublinha Mário Jorge Silva, ceo da empresa. Especial destaque para o B.CORK® by TINTEX, escolhido como Best Product na categoria Soft Equipment.

A Tapa Costuras esteve presente, através da empresa “mãe”, a Brandbias, em duas edições, nesta edição apresenta uma coleção focada em produtos sustentáveis. «A nossa coleção engloba peças casual, que primam pelo conforto e praticabilidade, mas também peças de desporto técnico evidenciando a resistência e leveza dos materiais. Iremos da mesma forma apresentar ao mercado externo os nossos projetos de inovação e desenvolvimento, que englobam concept pieces, utilização de materiais inovadores e conjugação destes com materiais tradicionais portugueses», explica Gonçalo Serra, general manager. Nos últimos 3 anos a marca consolidou os contatos efectuados nas duas edições me que participou e «chegou a hora de voltarmos com a expectativa principal de angariar mais clientes no mercado alemão e também nos países da Escandinávia», acrescenta.

Estarão também presentes outras 6 empresas portuguesas: CeNTI – Centre of Nanotechnology and Smart Materials – Faria da Costa – Inovafil, S.A. – Manifesto Moda – Têxtil Sancar.

A participação destas 32 empresas portuguesas na Ispo, é uma iniciativa promovida pela Selectiva Moda e pela ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, que visa promover a internacionalização das empresas portuguesas da área da Moda. O projeto From Portugal é co-financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, tendo um montante de apoio elegível de 12.118.285,17€, dos quais 6.695.352,55 € são provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados