Práticas sexuais na moda que são de alto risco

Práticas sexuais na moda que são de alto risco

Práticas sexuais na moda que são de alto risco

Estas são as práticas sexuais que são de alto risco e que estão na moda entre os jovens.

Muitos jovens na actualidade concentram-se em satisfazer o seu desejo sexual e há até mesmo pessoas que admitem buscar algum tipo de relação sexual que lhes dê o máximo de prazer, mas existem algumas práticas que se tornaram moda e que são um risco grave.

Realizar o acto com um componente extra de risco, por mais que seja contra as prevenções sanitárias e até mesmo o bom senso. Por essa razão, especialistas em sexologia tentam alertar sobre os perigos que correm ao praticar de acordo com tipos de “tendências”.

Sexo com desconhecidos

Um dos clássicos dentro das práticas de risco é ter contacto sexual com estranhos e sem tomar qualquer tipo de precaução (preservativos, contraceptivos…) que os impeça de contrair uma doença sexualmente transmissível ou uma gravidez indesejada.

Práticas sexuais na moda que são de alto risco

Lugares públicos

Isto pode ser feito em locais públicos, incitados pela morbidez que dá o poder de ser ou sentir-se observado por terceiros.

Heteroflexiveis

Há duas maneiras de se referir a este tipo de encontros esporádicos: cruising, que é tão conhecido que está entre homossexuais ou pessoas do mesmo sexo, porque um dos dois indivíduos pode ser um heterossexual com vontade de experimentar (os conhecidos como heteroflexíveis).

Dogging

Quando os encontros furtivos se praticam em locais públicos, e se realizad apenas por heterossexuais de ambos os sexos, a prática é conhecida como ‘dogging’ e recebe esse nome porque muitos são aqueles que se aproveitam dos que saíram de casa para passear o cão para se aproximar de um ponto de encontro e ter uma relação sexual com um desconhecido.

Glory Hole

Consiste, como o nome sugere, num buraco à altura da virilha praticado numa parede que divide a sala. De um lado da sala, um homem coloca o seu pénis através do buraco, e a outra pessoa -normalmente desconhecida e sob anonimato – faz com esse membro o que lhe apetecer: penetração, “fellatio”, masturbação, carícias, bater-lhe, beliscar, morder…

Stealthing

Práticas sexuais na moda que são de alto risco

É fazer algo em segredo ou em sigilo. Utiliza-se para referir aqueles homens que, durante a relação sexual, decidem remover o preservativo – sem que a parceira tenha consciência disso – para ejacular internamente.

Essa prática, além de ser considerada de alto risco, é considerada abuso sexual que os profissionais de saúde chamam “coerção reprodutiva”. Há queixas a este respeito pelas vítimas, que precisaram de terapia psicológica ao verem-se submetidas a uma violação da sua liberdade sexual sem o seu consentimento.

Imagens: divulgação Práticas sexuais na moda que são de alto risco .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.