Quais são os prós e contras do uso de tampões?

Quais são os prós e contras do uso de tampões?

O período (ou menstruação) por si é desconfortável para todas as mulheres: a síndrome pré menstrual, o acne, inflamação, cólicas e os estados de humor do pranto à histeria são o pão de cada mês. O cuidado para evitar o mau odor e acidentes com a nossa roupa interior e, o mais importante, para ter um mínimo de comodidade para esses dias insuportáveis existem várias opções no mercado. Desde os tradicionais pensos até aos práticos tampões passando pelo alternativo copo menstrual.

No caso dos tampões, tornou-se uma prática com fãs e desertoras.

Entre as vantagens do seu uso, muitas raparigas preferem-nos pela liberdade que dão, por exemplo, quando o período coincide com uma viagem ou desportos como a natação, e por isso as mulheres podem mergulhar na piscina e nadar com segurança.

O tampão não se molha no interior, porque fica muito bem ajustado no interior do canal vaginal. Além disso, não impede que uses tangas e calças apertadas, já que o tampão é indetectável. E como se isso não bastasse, o odor menstrual desaparece enquanto se utilizam os tampões. Sobre a questão higiénica, é uma boa opção, pois evita o contacto com a pele que rodeia a área púbica.

Estas vantagens contribuem para o teu bem-estar, confiança e segurança contigo própria. No entanto nunca te esqueças dos cuidados a ter com o tampão e da tua higiene, para evitar qualquer tipo de infecção. O conselho que costumamos dar é nada de exageros, isto é, usar o tampão nas situações que são mesmo necessárias, caso contrário, usa o penso higiénico que também estão cada vez mais práticos para o uso de uma mulher moderna mais activa.

Entre as desvantagens, muitas raparigas temem ou consideram pouco cómodo introduzir o  tampão no canal vaginal e mantê-lo aí, especialmente se for a primeira vez. E como não se pode saber com exactidão quando o tampão esgota a sua capacidade antes de o remover, podem ocorrer desagradáveis acidentes que podem manchar as nossas roupas favoritas.

Além disso, se deixado muito tempo no corpo (mais de 4 horas), podemos contrair uma infecção chamada “Síndrome do Choque Tóxico”. Nunca devemos dormir com um tampão posto!

Por outro lado, com o penso higiénico basta uma ida ao quarto de banho  para que te livres dele, mas com o tampão é necessário fazer uma boa limpeza das mãos e nos cubículos de alguns WC públicos, não consegues fazer a troca de maneira confortável, o que vai exigir um pouco de esforço e malabarismos.

Dois pontos fundamentais

Se sentires dor ou incomodo com o tampão, isso significa que o estás a introduzir  de forma errada. Se após a colocação te sentires desconfortável, tira-o e coloca-o novamente.

Também não precisas de te preocupar pensando que ele se pode perder dentro de ti: isso não acontece e a cordinha vai garantir que tu não percas o tampão.

Já usaste tampões? Recomenda-los?

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados