Sérgio Pereira: aqui (Portugal Fashion) sentimo-nos mais em casa

Sérgio Pereira: aqui (Portugal Fashion) sentimo-nos mais em casa

Sérgio Pereira: aqui (Portugal Fashion) sentimo-nos mais em casa

Sérgio Pereira: “nós que trabalhamos por trás das câmaras somos mais acarinhados no Portugal Fashion.”

O fotógrafo de moda brasileiro Sérgio Pereira, presença assídua no Portugal Fashion, não podia falhar a esta edição especial do evento.

Quando perguntado acerca de como está a ser trabalhar neste evento, com o clima de pandemia, o fotógrafo disse que foi difícil ter que fazer esta adaptação, embora tenha sido algo que teve de ser feito. “É diferente, é diferente trabalhar com máscara, os óculos a embaciar, a ótica da máquina fotográfica fica embaciada também, mas dá para fazer.”

E para os fotógrafos, será que trabalhar nestas circunstâncias é stressante? Para Sérgio Pereira é “um bocadinho mais, porque nós estamos mais preocupados com o problema da distância social e temos que nos preocupar em não atrapalhar o outro (fotógrafo) e ter cuidado com o contacto físico.”

Sérgio Pereira: aqui (Portugal Fashion) sentimo-nos mais em casa

O contacto e a aproximação física são das coisas mais preocupantes no que toca à pandemia e a estes eventos, e é comum os fotógrafos estarem todos juntos no momento dos desfiles, aliás, anteriormente até podiam ser vistos fotógrafos em cima uns dos outros – literalmente – para conseguir a fotografia perfeita, coisa que agora já não pode acontecer. Sérgio Pereira diz que os fotógrafos e a equipa do Portugal Fashion são uma família, já se conhecem há muitos anos, “até já há lugares “marcados”, sabe-se que um fica atrás daquele, aquele fica atrás do outro, é um bocado por aí. Claro que nós temos sempre o cuidado de não atrapalhar o outro.” Mas para aqueles que não fazem parte dessa “família” a história muda, visto que eles não estão habituados a estas situações, “mas vai tudo ao lugar”, como o fotógrafo diz.

Outro evento que também se teve que adaptar a estas condições especiais de pandemia que estamos a viver foi a Moda Lisboa, evento este que decorreu na semana passada e que Sérgio Pereira também já cobriu no passado. Ao comparar os dois eventos, o fotógrafo diz que há várias diferenças, “na forma de organização, na forma de tratamento das pessoas… O Portugal Fashion é internacional e Moda Lisboa ainda não fez isso… Aqui nós sentimo-nos mais em casa, até porque a indústria têxtil está toda aqui no Norte. Existe uma diferença sim, até para nós que trabalhamos por trás das câmaras somos mais acarinhados no Portugal Fashion do que na Moda Lisboa.” Sérgio Pereira acrescenta que é capaz de notar esta diferença na forma de tratamento porque vive no Norte e porque apenas tem que se deslocar a Lisboa em trabalho, contudo isto são todas situações que se conseguem resolver e não acabam por criar grandes problemas.

Imagem: Starsonline Sérgio Pereira: aqui (Portugal Fashion) sentimo-nos mais em casa . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: