Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares

Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares

Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares

Todas sabemos que a sexualidade está presente  na nossa vida, quer seja ligada ao prazer ou à reprodução. Mas uma das perguntas que mais se coloca através principalmente da internet é: qual na realidade o papel do sexo na sociedade em que vivemos?

Vamos fazer uma pequena análise ao longo da história para uma melhor compreensão.

A sexualidade tem sido vivida de muitas maneiras diferentes. Houve períodos de pouca libertação sexual, juntamente com outros tempos mais puritanos. Hoje vivemos um momento em que o sexo desempenha um papel curioso. Apesar da libertação sexual ocorrida nas últimas décadas, a sexualidade ainda é um assunto embaraçoso em determinados contextos.

Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares

No entanto, apesar de continuar a ser um tabu, encontramos referências ao sexo em todos os lugares. Da publicidade às conversas privadas de um grupo de amigos, o sexo seria aquele fantasma que “está e não está” em toda parte. Para muitos, é um objetivo vital e está acima de muitas outras necessidades. Então, o sexo na sociedade é um tabu ou uma obrigação?

O papel do sexo na sociedade: tabu?

Mencionar as palavras “vagina”, “pénis”, “coito”, “preservativo”, etc., em alguns contextos faz com que muitas pessoas coloquem as mãos na cabeça. É curioso que algo tão básico quanto a sexualidade ainda provoque essas reações. Além disso, o tabu não se restringe apenas a situações “politicamente corretas”, mas também pode ser encontrado em muitas famílias ou mesmo em escolas ou institutos. Parece que o sexo não é uma questão familiar ou escolar.

O sexo na sociedade é visto como um tabu, especialmente na família ou na educação, e isso traz sérias consequências. Em toda a nossa vida, isso terá seu próprio papel, tanto em termos de desenvolvimento biológico quanto social. Se tratarmos a sexualidade como algo embaraçoso e a ignorarmos, teremos uma educação sexual deficiente. Uma boa educação sexual precisa de um diálogo honesto e aberto.

Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares

A educação sexual fundamenta ao longo do desenvolvimento de um indivíduo uma maneira de viver a sexualidade de forma saudável. É necessário rever as causas das disfunções sexuais e a sua alta prevalência na população. A maioria dos problemas relacionados ao sexo resulta da existência de uma ansiedade associada às relações sexuais. E isso deve-se em grande parte aos múltiplos mitos e preconceitos a respeito da sexualidade.

A sexualidade é uma parte essencial da nossa vida e, se a quisermos viver de forma enriquecedora, não a podemos tratá-la como um tabu. Apenas com educação, pesquisa e diálogo acabaremos com os mitos que a cercam.

E para ti? O sexo continua um assunto tabu?

Imagens: divulgação Sexo, tabu, e verdadeiras contradições em todos os lugares . .
Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados