A T-Shirt da DIOR que tem dado o que falar

A T-Shirt da DIOR que tem dado o que falar

Pelas mãos de Maria Grazia Chiuri, a primeira mulher a assumir o cargo de directora criativa da Dior, o feminismo chegou a uma das maiores casas da moda do mundo, e uma t-shirt branca com uma frase escrita tem sido o foco principal.

“We should all be feminists” ou, como quem diz, somos todos feministas, foi a frase inscrita numa t-shirt branca, que apareceu no desfile de Primareva/Verão 2017 da Dior e apela ao feminismo e à luta pelos direitos das mulheres. A verdade é que o feminismo e a moda nem sempre andaram de mãos dadas, daí a importância desta nova onda e todas as suas repercussões.

T-Shirt da DIOR

Um dos mais recentes exemplos aconteceu em Los Angeles, onde a atriz Natalie Portman vestiu a t-shirt no evento “Marcha das Mulheres” onde se reclamava o direito pela igualdade de género, um dia depois da cerimónia de aclamação ao 45º Presidente da América, o controverso Donald Trump. O local e ocasião não poderiam ser os mais apropriados. Depois da atriz, seguiu-se a cantora Rihanna que decidiu colocar uma fotografia no seu Instagram, vestindo a mesma peça de roupa, durante o mesmo evento, mas desta vez em Nova Iorque. A juntar às celebridades, também milhares de anónimas usaram a t-shirt como forma de protesto.

T-Shirt da DIOR

Também a criadora da ideia, Maria Grazia Chiuri, surge no Instagram da página vestida com o modelo. Como se podia ler noutra t-shirt assinada por Maria Grazia Chiuri, estamos perante uma “Dio(R)evolution”. Um trocadilho que tem dado que falar, não fosse o empoderamento feminino, uma nova arma para dar voz às mulheres, que até à data, se têm mantido em silêncio.

T-Shirt da DIOR

Atualmente, são já muitas as marcas que se associam a este ‘movimento’, criando t-shirts e camisolas com frases semelhantes.

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.