Eles também se juntam à causa

Eles também se juntam à causa

Os homens também se vestirão de negro nos Globos de Ouro porque também eles estão contra o assédio sexual

Há alguns dias atrás, informávamos que muitas das mulheres que participarão na próxima gala dos Globos de Ouro, que se celebrará em 7 de Janeiro, decidiram usar a cor preta nos seus vestidos como um gesto de protesto contra o abuso sexual em Hollywood que se começou a revelar após o escândalo de Harvey Weinstein, e de solidariedade na linha do movimento conhecido como #MeToo e premiado pela revista Time há algumas semanas atrás. E, agora, sabemos que eles também se juntam à causa. Os homens também se vestirão de preto… Pelo menos, alguns.

A notícia foi revelada pela estilista Ilaria Urbinati, que trabalha com celebridades como Dwayne Johnson ou Tom Hiddleston, através da sua conta no Instagram: “Como todos me continuam a perguntar… Sim, os homens também se levantarão em solidariedade com as mulheres no movimento de se vestir de negro para protestar contra a desigualdade de género nos Globos de Ouro deste ano. Pelo menos todos os meus rapazes o farão. Escusado será dizer que este pode não ser o momento certo para escolher ser o individuo estranho lá fora… Apenas o comento”.

Num comentário ao próprio post da estilista, Dwayne Johnson confirmou com um simples “Sim, vamos faze-lo”. Já estamos ansiosos que chegue o tapete vermelho de uma das grandes galas do ano em Hollywood para ver como a solidariedade se estende entre aqueles que consideram um escândalo o machismo que imperou em certos círculos da indústria do entretenimento nas últimas décadas.

Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.