Tendência rompe-relações ou “Phubbing” é alarmante

Tendência rompe-relações ou “Phubbing” é alarmante

Tendência rompe-relações ou "Phubbing" é alarmante

OPINIÃO – O Phubbing surge da união de phone e snubbing (depreciar). Esta prática, cada vez mais difundida, consiste em manter o telefone por perto constantemente, a fim de ver as notificações, sem levar em conta uma conversa.

Uma investigação de uma universidade americana mostrou que 50% dos casais são ignorados em várias ocasiões durante uma conversa por outro membro com o intuito de olhar para o telemóvel, provocando uma discussão importante na maioria delas. Sabe-se que uma pessoa verifica o seu telemóvel cerca de 100 vezes por dia, em curtos períodos de 30 segundos usando o telefone cerca de 5 horas por dia para ver vídeos, conversar ou exibir notificações. Essa necessidade de permanecer em conexão contínua tem-se sem dar muita importância se se está sozinho, com amigos ou como casal.

Por isso, o phubbing interfere directamente nos factores básicos das relações sociais. No casal, gera uma perda significativa de momentos de qualidade íntima causando sérias discordâncias, devido às distracções constantes, causando a sensação de que o telemóvel é mais importante do que o casal. Uma interrupção ocasional não é grave, mas a perda constante de atenção em momentos que se deveria estar a desfrutar em casal pode levar a uma crise. Uma das chaves para evitar esta situação é criar regras sobre o uso do telemóvel construindo um ambiente livre de telefones para poder dedicar esse tempo apenas à relação. a a a a a a a a

Há algo óbvio: olhar para o telefone enquanto temos uma conversa com outra pessoa é uma falta de respeito. E um relacionamento de casal sem respeito está condenado ao fracasso. Não é que se deva sempre desligar o telefone, mas é necessário focar a atenção na outra pessoa.

Carlos Fidalgo – Psicólogo

Imagens: divulgação Tendência rompe-relações ou “Phubbing” é alarmante .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.