Truques para vencer a gula em tempo de tédio

Truques para vencer a gula em tempo de tédio

Truques para vencer a gula em tempo de tédio

Sozinha em casa… estou triste… estou chateada… estou aborrecida… QUERO COMER.

Soa familiar? Pois bem, estamos em quarentena e com isto: tentações pela frente.

Aqueles cravings em que queremos comer meio mundo e só pensar em “perdidos por cem, perdidos por mil”.

A nossa sociedade criou um problema sério ao longo dos anos, isto é, a explosão de alimentos industriais e baratos que derrubaram as bases da nossa educação alimentar. Temos então de aprender e consciencializar o que cada alimento promove para podermos encaixar esses factos e aprender a usar a comida de forma sábia. A comida não resolve os problemas mas traz consequências, em termos de saúde.

Truques para vencer a gula em tempo de tédio

Vamos então: ler, aprender, ver séries, praticar desporto ou tomar café (na varanda a pensar que é uma esplanada). Vamos preencher o cérebro e desanuviar a cabeça. O tédio é a resposta ao problema e dá a ansiedade por comida. Como, então, superar a gula?

Vamos começar por identificar o problema: aborrecimento, falta de sono, falta de água ou, por último, fome.

Como sustentar a gula? Como estar numa dieta sem fazer dieta porque “o fruto proibido é o mais apetecível”

Usar molhos e xaropes 0% calorias que (pobres nutricionalmente) satisfazem o desejo por completo e evitam, assim, as gorduras, os açúcares, ou seja, as calorias extras.

A gelatina salva a dieta porque traz a sensação de saciedade.

Truques para vencer a gula em tempo de tédio

Sopa sem batata porque “enche” bastante durante a refeição.

Saladas (embaladas para os preguiçosos), cheias de fibras e bons nutrientes.

Bebidas 0% para iludir o cérebro e apaziguar o estômago. Chá, infusões, café para criar a sensação de bem-estar.

A batata-doce que é versátil tanto em puré como em tosta para doces e salgados.

Palitos de cenoura, pimentos, courgette para enganar o cérebro através do ato de “roer”. O segredo é o trabalho do maxilar.

Claras de ovos que tem inúmeras receitas para realizar como bolos, panquecas, pão para fazer sandes proteicas,…

Adoçantes e stevia para consolar o bichinho do doce.

É importante não ter certas coisas em casa se sabemos que não podemos ou, então, temos de ser fortes porque o nosso bem-estar é primordial.

-Ter o seu próprio espaço com uma estante/prateleira para ter uma representação física do que queremos.

Usar louça pequena para criar a ilusão de comer muito e, assim, usar de forma insconsciente porções reduzidas.

Esquecer a ideia de evitar hidratos. O corpo odeia sentir-se restringido e vai acabar por compensar, mais tarde ou mais cedo.

Esses são os truques para atacar a comida, com cuidado, e controlo no dia a dia. Nós precisamos de nutrientes e de descanso para evitar descompensações.

Vamos, então, reflectir sobre o que queremos: felicidade momentânea ou sucesso a longo prazo?

Imagens: divulgação Truques para vencer a gula em tempo de tédio . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.