Ugly Sandals: a tendência que amas ou detestas

Ugly Sandals: a tendência que amas ou detestas

Ugly Sandals: a tendência que amas ou detestas

As sapatilhas mais extravagantes ainda estão na moda. Dos criadores de Ugly Shoes (aquelas sapatilhas nuito grandes que todas as influencers usam agora), chegam as “Ugly Sandals”. “Chegam”, entre aspas, porque todos os Verões estão presentes de alguma forma, mas este ano elas parecem ter muito forte adesão.

Ugly Sandals: a tendência que amas ou detestas

E a tendência não é porque sejam as mais bonitas do mundo – daí o seu nome, ugly, feio em inglês – mas porque são mais confortáveis.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Chiara Ferragni ✨ (@chiaraferragni) a

Modelos, influenceres e as marcas mais reconhecidas já apostaram nessa tendência, embora nem todos as vejam como uma maravilha. No ano passado, já começamos a ver algumas pinceladas desse tipo de sandália, mas a tendência chegou em 2020, onde quanto mais confortáveis nos vestimos, melhor. Sem deixar de lado a elegância nos nossos guarda-roupas, é claro.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Emma Rose (@emmaleger) a

Este tipo de sandália estiveram na moda nos anos 90, para não as quereremos ver por quase duas décadas, mas as passarelas já foram vestidas por empresas como Giambattista Valli Fendi ou Chanel. As últimas foram vestidas por Chiara Ferragni nalgumas ocasiões, embora o seu guarda-roupa já tenha várias para ser apreciadas neste verão.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por LA ROSALÍA (@rosalia.vt) a

As lojas mais populares do país já as adicionaram às suas colecções: Zara, Stradivarius, Pull & Bear ou SOREL já as têm nos seus catálogos. Além disso, agora estão em rebaixas, não tens desculpas para deixá-las passar.

E tu, ou as amas ou odeias?

Imagens: Instagram Ugly Sandals: a tendência que amas ou detestas . .
Sem comentários ainda

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será divulgado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.