Vendas de Hugo Boss crescem 1,3% até Março

Vendas de Hugo Boss crescem 1,3% até Março

A Hugo Boss atingiu um volume de negócios de 651 milhões de euros no primeiro trimestre, o que representa 1,3% a mais do que no mesmo período de 2016.

A multinacional alemã também obteve um lucro líquido de 48 milhões de euros, o que representa um aumento de 24,7%.

Mark Langer, presidente da Hugo Boss, disse que a empresa voltará aos lucros  e um crescimento sustentável depois de passar por um ano de estabilização.

Na verdade, as vendas da empresa cresceram na Europa (+ 2%) e na zona da Ásia-Pacífico (+ 3%), ao mesmo tempo que diminuem na América (-4%).

Na actualidade, Hugo Boss comercializa as suas colecções em 127 países. Em 2016, 62% do volume de negócios da empresa foi gerado pela sua própria divisão de retalho, enquanto 35% proveio do segmento de atacado. Já os restantes 3% tiveram origem no negócio de licenças.

Sem comentários ainda

Comentários estão encerrados